Seduc disponibiliza simulado online para alunos que farão Enem 2020

0
A avaliação ficará no sistema até o dia 30 de abril (Foto: Seduc)

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) está disponibilizando, a partir desta segunda-feira, 13, o Simulado Online das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A avaliação ficará no sistema até o dia 30 de abril, e o candidato interessado em participar deverá acessar o endereço eletrônico:https://forms.gle/eForuchausi28GWq8.

O simulado é composto de 50 questões de todos os componentes curriculares, seguindo o modelo do Enem. Essa simulação de provas é coordenada e organizada pelo Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), por meio da coordenação do Programa Pré-Universitário (Preuni).

De acordo com a coordenadora do Preuni, Gisele Pádua, o simulado reúne questões inéditas formuladas pelos articuladores, e questões adaptadas e selecionadas dos exames mais importantes que acontecem no país. “É mais um material disponibilizado para que o aluno comece a exercitar o seu conhecimento. Está disponível para todos os estudantes da rede pública que farão o Enem e que, neste período de isolamento social, estão estudando a distância com o material do Pré-Universitário”, afirmou, explicando que se o candidato for responder as questõs no celular, é aconselhável que faça no modo paisagem para melhor visualização do texto.

Programa Pré-Universitário

O Preuni tem por finalidade oportunizar aos alunos concluintes do ensino médio e egressos da rede pública de ensino melhores condições de acesso ao ensino superior, por meio de um curso preparatório, inteiramente gratuito, oferecido na modalidade presencial.

Executadas ao longo do ano, as ações do programa Pré-universitário estendem-se até os dias das provas do Enem, quando os professores e a equipe da coordenação pedagógica realizam um “acolhimento” aos alunos matriculados no programa. Ao todo, o Preuni conta com 44 polos, distribuídos em 29 munícipios e atende a 5.550 estudantes de todas as regiões do Estado.

Fonte: Seduc

Comentários