Sergipe pleiteia junto com outros estados o adiamento do Enem

0
Diversas frentes já solicitaram o adiamento das provas (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Em nota encaminhada à imprensa neste sábado, 16, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) afirmou que vem dialogando com outros estados brasileiros para que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) adie as provas do Enem, previstas para o mês de novembro, em razão da pandemia da Covid-19.

Além da Seduc, entidades estudantis também já levantaram bandeira para que as provas sejam adiadas. A preocupação é com estudantes de escolas públicas que, com as aulas suspensas, acabem não realizando a inscrição para o Enem por falta de acesso ao sistema ou à internet – já que muitos são de classes sociais com menor poder aquisitivo. Em informação divulgada pela Agência Brasil, nesta sexta-feira, 15, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que já solicitou ao presidente Jair Bolsonaro a reavaliação das datas do Enem. O presidente teria dito que pensará sobre o assunto.

Embora a situação ainda não esteja definida, a Seduc informou que escolas estaduais estão se mobilizando e apoiando os alunos, oferecendo suporte via internet e telefone, com plantões de dúvidas, por exemplo, para auxiliá-los no processo de inscrição. As inscrições do Enem foram iniciadas no dia 11 de maio e se encerram no dia 22 do mesmo mês. Até este sábado, 16, 3 milhões de pessoas haviam realizado inscrições.

O Exame Nacional do Ensino Médio é a porta de entrada para universidades públicas em todo o território nacional. A nota obtida na prova também permite que o aluno participe de programa de bolsas em instituições privadas.

Por Ícaro Novaes
Com informações da Seduc

Comentários