Servidores da UFS em estado de greve

0

A assembléia aconteceu no hall do Resun
Reunidos em assembléia geral durante toda a manhã desta quinta-feira, 31, no hall do Restaurante Universitário, os técnicos administrativos da Universidade Federal de Sergipe, descartaram a paralisação prevista para os próximos dias 5 e 6 de novembro. A categoria aprovou estado de greve e uma nova assembléia para a próxima semana.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores da UFS (Sintufs), Edjanária Borges informou que os técnicos administrativos da UFS lutam pela garantia de recursos para a aplicação da tabela salarial 2009, prevista nas negociações junto ao Governo Federal, além da recuperação do chamado step – direito constante no plano de carreira – instituído pela Lei nº 11.091/2005, vetado pela vice-presidência da República. E se opõem à instituição das fundações de direito privado na educação, saúde, meio-ambiente, entre outras áreas do serviço público.

Os servidores temem que a crise desencadeada nos Estados Unidos acabe prejudicando a garantia dos recursos já estabelecidos no orçamento. “Não vamos aceitar pagar por isso”, alerta Edjanária Borges.

A categoria volta a se reunir em assembléia geral extraordinária a partir das 9h30 da próxima quinta-feira, 6, no hall do Restaurante Universitário, quando poderá decidir pela paralisação das atividades.

Comentários