Sintese aguarda posicionamento sobre concurso

0

(Foto: Arquivo Infonet)

Quase um mês após a realização de uma audiência no Ministério Público Estadual (MPE) para discutir sobre o concurso público do magistério da rede estadual, o impasse continua. Isso porque até o momento não houve um posicionamento da Seplag a respeito dos questionamentos apontados pelo Sindicato. O concurso ofertará 1.700 vagas, sendo 100 para a educação especial.

Em audiência realizada dia 8 de fevereiro foi questionado sobre a forma de escolha da FUNCAB, instituição responsável pela realização do concurso, que foi feita sem licitação, bem como sobre o quantitativo de vagas disponíveis para o concurso. Outros questionamentos feitos pelo Sindicato apontam sobre a exigência de se atingir 60% da prova objetiva para que o professor não seja eliminado do concurso, além do caráter eliminatória da prova de redação.

De acordo com a vice-presidente do Sintese, Lucia Barroso, até o momento, o Sindicato não recebeu uma posição sobre a revisão e reedição dos diversos pontos do edital para o concurso público do magistério. Ainda segundo ela, o Sindicato tentará na próxima quarta-feira, 7, entrar em contato com o promotor responsável pela pasta da Educação do Ministério Público Estadual (MPE), Dr. Fausto Valois, para saber sobre o posicionamento do MP sobre o assunto.

Seplag

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Seplag que garantiu que o concurso não será adiado. Sobre os questionamentos apontados pelo Sintese, a informação passada foi que a Secretaria não recebeu nenhum documento referente ao assunto nem do Sintese nem do MPE.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais