Sintese reivindica ao governo prioridade na vacinação contra Covid-19

0
A reivindicação foi recorrente ao retorno das aulas presenciais nas escolas públicas para o dia 22 de março (Foto: Pixabay)

O Sintese (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe), Sindipema (professores), Sintrase (funcionários das escolas) e as organizações estudantes USES (União Sergipana dos Estudantes Secundários), UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) e UMESA (União Metropolitana dos Estudantes de Aracaju) enviaram, nesta sexta, 08, ofício conjunto ao governador Belivaldo Chagas reivindicando prioridade na Campanha de Vacinação contra Covid-19.

A solicitação dos trabalhadores da Educação e estudantes é em virtude da resolução 06/2020 de 03 de dezembro do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais que prevê o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas para o dia 22 de março.

“O cenário epidemiológico do Estado de Sergipe, na avaliação das entidades, acima elencadas, o retorno das aulas presenciais só deve ocorrer com total segurança para professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos, e para que isso seja possível é necessário a garantia da vacina para todos. Entendemos que essas pessoas devem ser colocadas no grupo prioritário para vacinação”, diz o documento.

Governo de Sergipe

Em resposta a reivindicação do Sintese, o Governo afirmou que não tem conhecimento do teor da solicitação do sindicato e salientou que no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 já consta a hierarquia das propriedades por etapas de vacinação.

Com informações do Sintese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais