SMTT alerta para os cuidados na contratação do transporte escolar

0
As aulas serão retomadas no dia 15 (Foto: SMTT)

Os alunos dos colégios da rede particular de ensino de Aracaju retornam à rotina de aulas na próxima segunda-feira, dia 15. Além do material e do uniforme, outra providência tomada também por muitos pais ou responsáveis é a contratação do transporte escolar para as crianças e adolescentes. Por isso, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), alerta as famílias para os fatores que devem ser observados no momento da contratação do serviço. Isso porque há regras tanto para o veículo (que deve passar por vistoria frequentemente e preencher uma série de requisitos) como para o condutor, que deve estar apto à função.

Seja ônibus, micro-ônibus, van ou automóvel, o transporte escolar deve estar equipado adequadamente para o serviço, com cintos de segurança para todos os ocupantes do veículo, pneus que ofereçam boas condições de segurança, extintor de incêndio, entre outros. Os pais podem solicitar ao transportador uma cópia do certificado da última vistoria.
É importante, também, verificar se o veículo possui na parte externa o número de autorização da SMTT para a realização do serviço. “Estamos falando dos bens mais preciosos das pessoas, que são os filhos. Então aconselhamos as famílias que conversem com outros pais que contrataram aquele serviço, questionem sobre a responsabilidade do condutor, pontualidade e que fiquem atentos em relação e regularização do veículo”, recomenda o superintendente da SMTT, Renato Telles.
Operação Volta às Aulas
Durante os primeiros dias de aula deste segundo semestre, a equipe da Diretoria de Transportes Públicos (DTP) da SMTT, responsável pelo transporte escolar, fará uma operação, que começa no dia 15, para checar as condições dos veículos que operam no serviço e também combater o serviço clandestino. Em caso de qualquer suspeita de irregularidade, ou de direção não segura por parte do transportador escolar, o cidadão pode denunciar à SMTT, por meio da Ouvidoria pelo telefone 3238-4646.

 

Fonte: SMTT 

Comentários