UFS: aprovada resolução que prevê 20% das vagas ociosas para idosos

0
“Foi um grande ganho para as pessoas da terceira idade, terem acesso nessa partilha de vagas ociosas com 20%”, diz a professora Noêmia Lima Silva (Foto: Adilson Andrade/Ascom UFS)

O Conselho do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (Conepe) da Universidade Federal de Sergipe (UFS) aprova resolução que institui política de ocupação de 20% das vagas ociosas da instituição para pessoas idosas nos cursos presenciais de graduação da UFS. A decisão foi tomada no último dia 26 de fevereiro em reunião realizada na Cidade Universitária.

As vagas ociosas de que trata a resolução dizem respeito àquelas remanescentes por curso após o processo de Transferência Interna. Dessas vagas, será reservado um total de 20%, que será destinado a pessoas da terceira idade. Como critério para o preenchimento das vagas, será utilizada a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A coordenadora do Núcleo de Pesquisas e Ações da Terceira Idade (Nupati), Noêmia Lima Silva, explica que, ao perceber o interesse dos alunos da terceira idade, resolveu buscar caminhos para o seu ingresso na universidade. “Percebendo a oportunidade, entramos com um processo. Em reunião entre Nupati, Pró-Reitoria de Graduação, Departamento de Administração Acadêmica e Departamento de Apoio Didático-Pedagógico, foi elaborada a resolução e, na última reunião do Conepe, essa resolução foi aprovada”, relata.

Segundo Dilton Cândido, pró-reitor de Graduação, a aprovação de cota específica para o idoso atende a uma demanda antiga de uma comunidade que frequentava a UFS em ações basicamente de extensão e que, após o contato com atividades da graduação, manifestava o desejo em participar do processo seletivo. “Com ela, alunos e alunas idosos poderão obter a graduação sonhada por muitos”, enfatiza Dilton.

O método de ingresso para todos os cursos, assim como os pesos por área de conhecimento/redação, segue a mesma regra estabelecida pela UFS para o processo seletivo de entrada nas vagas iniciais por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As informações com o número de vagas ociosas e seus respectivos cursos, bem como os critérios que definem o processo, constarão em edital específico que será publicado pela Prograd, ainda sem data prevista.

Fonte: ascom UFS

Comentários