Uso de camisa com caveira não é liberado

0
A imagem da caveira não  foi aceita dentro da sala de aula (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Após o episódio em que professores municipais de Maruim foram impedidos de dar aula usando uma camisa com imagem de uma caveira os professores cumpriram a determinação inicial do Ministério Público da Cidade de Santo Amaro. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe, a orientação é que os professores não usem as camisas em turmas menores de 12 anos.

A presidente do Sintese, Ângela Melo, disse que o MP pediu um relatório com avaliação psicológica para que a promotoria possa determinar a liberação ou proibição do uso. “Situação parecida ocorreu em Estância e nós através de uma ação judicial conseguimos que os professores exercessem a liberdade de usar a camisa”, fala. Os professores vão se reunir com os pais dos alunos para explicar a situação, na sexta-feira, 16, acontece nova assembleia.

Proibição

Uma campanha dos educadores municipais da cidade de Maruim está causando polêmica. Com o slogan ‘Salve a Educação Pública de Maruim’ estampada em uma camiseta preta com a imagem de uma caveira, os professores protestam pelo que eles classificam o caos na educação. A campanha não foi aceita pela prefeitura na quarta-feira, 14, determinou que todos os professores que estivessem vestidos na camisa fossem proibidos de dar aula.

Prefeito

O prefeito Gilberto Maynard de Oliveira, enviou nota ao Portal Infonet onde explica que tomou a medida de impedir o uso de camisetas que expõem a imagem macabra de uma caveira, por entender que símbolos dessa natureza são inapropriados para o uso dentro das escolas municipais onde estudam crianças e adolescentes.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais