Acabou o sonho do Dragão

0

Na tarde de domingo, 16, Brasil (RS) e Confiança (SE) fizeram o jogo do desespero no estádio Bento Freitas, em Pelotas. Para se manter viva na luta pela série B em 2009, nenhuma das equipes poderia perder, nem mesmo empatar. Mas os gaúchos levaram a melhor, fazendo 2 a 0 no Dragão e adiando o sonho da torcida sergipana em ver o clube na segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

 

Primeiro tempo: desperdício azulino

 

Os times começaram de formas distintas. Enquanto os donos da casa pressionaram para chegar à área adversária, os visitantes optaram por tentar explorar os contra-ataques. A torcida empurrou o time local, mas a primeira boa oportunidade foi do Confiança, através de Da Silva, que penetrou a área, chutou forte, mas a bola foi para a linha de fundo.

 

Da Silva avança mais à área, chega perto de balançar a rede outras três vezes e vira alvo dos atletas do Brasil, que reforçam a marcação no jogador. Mas o Dragão também tem Wilson Surubim e Cristiano Alagoano, o artilheiro do time responsável por belas jogadas no primeiro tempo, mas sem sucesso na finalização.

 

Mesmo com desempenho superior a Alcimar, Jorginho saiu de campo e cedeu lugar ao meia Alisson, que perdeu a melhor oportunidade de gol do time aracajuano em toda a primeira etapa: o goleiro Vanderlei espalmou a bola chutada por Da Silva, Alisson pegou o rebote mas chutou para a linha de fundo.

 

Segundo tempo: golpe final

 

Após o intervalo, o Brasil de Pelotas conseguiu reverter a superioridade do Confiança no primeiro tempo e começou ditando o ritmo da partida. Não demorou para o Dragão sentir a pressão e levar o primeiro gol. Aos seis minutos, Cláudio Millar adentrou a área dos sergipanos e não deu chance para o goleiro Fábio, abrindo o placar para os donos da casa.

 

O time proletário tinha o desafio de reverter o resultado em 40 minutos. Tentou várias vezes, novamente, com Cristiano Alagoano e Wilson Surubim, que chegavam perto mas não conseguiam finalizar com categoria.

 

Aos 34 minutos, em um lance confuso, os jogadores sergipanos pediram falta sobre o goleiro Fábio, o árbitro mandou prosseguir e Vainer chutou e fez o segundo do Brasil de Pelotas, enterrando as chances de classificação do Confiança à segunda divisão em 2009.

 

Já era!

 

Com o placar final, o Brasil segue vivo no octogonal final da série C e vai buscar a classificação contra o Rio Branco, no próximo domingo, 23. Na mesma data, o time do bairro Industrial, sem chance alguma de acesso, de despede do torneio no Batistão, em Aracaju, contra o Duque de Caxias.  

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais