América vai pedir dispensa do Campeonato Sergipano

0

O presidente do América de Propriá, Isaías Aragão, afirmou que a equipe não vai mais disputar o Campeonato Sergipano de 2005, que está marcado para começar no próximo dia 13, um domingo. Vice-campeão da Segunda Divisão no ano passado, o time faria sua estréia em Aracaju, contra o Confiança, atual campeão. Os principais motivos da desistência foram a falta de apoio e de patrocínio, além da cidade não possuir estádios em condições do realizar os jogos quando tiver o mando de campo.

 

Segundo o ex-técnico do Propriá, Elenilson Santos, o presidente já dispensou todo o elenco de jogadores com a maioria deles indo para o Lagartense. “No mais tardar, até amanhã (quarta-feira) a Federação Sergipana de Futebol (FSF) estará sendo informada oficialmente da desistência do clube, bem como, suas razões para tomar essa medida há pouco mais de 12 dias do início do Estadual”, observou. Ele disse que na tarde de ontem a diretoria estaria preparando o ofício pedindo o afastamento.

 

Ele explicou que, apesar da prefeitura da cidade ter dado apoio em termos de alimentação e transporte, na primeira oportunidade que a diretoria precisou e solicitou um ônibus para treinar em um dos municípios circunvizinhos, o secretário Municipal de Esporte e Lazer, Ferreira Filho, negou a liberação do veículo. “Se um carro foi negado, como é que faríamos para ter a disposição um para os profissionais e outro para os juniores”, questionou Elenilson Santos.

 

Como se não bastasse, a equipe também não conseguiu patrocínio para manter a estrutura do clube e o pagamento dos salários dos atletas. O América contava com um elenco de cerca de 24 jogadores, sendo a maioria oriunda da base formada em 2004. E para piorar, a cidade teve os três estádios vetados pela FSF: o José Neto, o Constantino Tavares e o João Alves Filho. As praças de esporte dos municípios de Neópolis, Japaratuba e Aquidabã também não apresentam condições. “Os problemas são inúmeros”, afirmou Elenilson Santos.

 

Federação – O presidente da FSF, Carivaldo Resende, que no dia de ontem se encontrava no Rio de Janeiro (RJ) participando de um encontro na CBF, disse que oficialmente não tinha conhecimento da decisão da diretoria do Propriá e lamentou. “Infelizmente, a gente reuniu os clubes filiados, discutimos a fórmula, confeccionamos a tabela, vistoriamos os estádios e demos prazo para serem recuperados. Mas faltando pouco mais de 12 dias para o início do Estadual um dos participantes anuncia sua desistência”, afirmou.

 

A partir do momento que receber oficialmente do América o ofício solicitando o afastamento do Campeonato Sergipano, Carivaldo Resende disse que vai entregar a questão ao Tribunal de Justiça Desportiva da entidade (TJD) que é quem vai julgar. A princípio, é certeza de que a equipe de Propriá será punida. “Quando estiver aí em Aracaju vou estudar o problema para encontrar uma solução, podendo inclusive, a tabela sofrer modificações. Vou analisar a situação”, concluiu.       
 
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais