Árbitro sergipano é destaque na Paraíba

0

Aos 37 anos de idade, o árbitro sergipano Washington Nascimento Cruz, vive o melhor momento de sua profissão. Ele foi o principal destaque de Sergipe durante o Campeonato Brasileiro Sub-15, disputado no último fim de semana em João Pessoa. O sergipano apitou a final entre Vasco da Gama e Santa Cruz e saiu da decisão como um dos melhores profissionais do apito de todo o campeonato. Washington Cruz é o segundo árbitro sergipano a apitar uma final a nível nacional, o primeiro foi Edmo Oliveira na Superliga do ano passado.

O feito alcançado por Washington foi parabenizado por todos os membros da diretoria da Federação Sergipana de Futsal (FSFS) em sua chegada a Aracaju. Bastante cansado da maratona de jogos, o árbitro agradeceu o apoio dos dirigentes, destacando o trabalho da Comissão de Arbitragem da FSFS.

“O resultado atingido em João Pessoa vem apenas coroar o excelente trabalho desenvolvido pela Federação nos últimos anos. Dedico essa conquista a todos os colegas de apito, especialmente ao diretor de arbitragem Elito Gomes”, declarou.

Washington Cruz foi um dos árbitros que mais vezes apitou no Brasileiro Sub-15. Ao todo, foram quatro convocações, entre a final e as partidas classificatórias. A experiência e a boa condição técnica que vive no momento, sem dúvida, credenciaram o sergipano a chegar a sua primeira decisão em uma competição nacional.

A trajetória de Washington no futsal começou há oito anos através do incentivo de um colega, professor de Educação Física. Ele relembra que no início encontrou algumas dificuldades, mas logo se adaptou as quadras, apaixonando-se pelo esporte da bola pesada. “Aproveito a oportunidade para agradecer a outros dois ícones do futsal sergipano: Luiz Eduardo e Simião Fagundes. Sem dúvida, os dois fazem partem desta vitória”.

Além dos oito anos de Federação, o sergipano integra há apenas dez meses o quadro de arbitragem da Confederação Brasileira de Futsal. Nesse período, ele apitou várias decisões de campeonato em Sergipe, entre estaduais e Copa Tv Sergipe. Mas, como qualquer outro árbitro profissional, Washington deseja um dia chegar ao ápice da carreira. “Sonho um dia fazer parte do quadro da FIFA e que sabe apitar um jogo do Campeonato Mundial”, diz.

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais