Arena Batistão recebe cuidados no gramado para voltar a receber jogos

0
Gramado passa por retoques para retorno das partidas oficiais (Foto: Givaldo Batista)

A maior praça de esportes de Sergipe, Arena Batistão, em Aracaju, já se prepara para receber com total segurança e protocolos em saúde necessários os jogos oficiais do Campeonato Sergipano. São quase 120 dias com os portões fechados. O último jogo realizado na Arena Batistão aconteceu no dia 11 de março, com o empate em 1×1 entre Sergipe de Freipaulistano. Agora, a previsão de retorno do futebol está previsto para o dia 25 de julho. Toda essa paralisação foi provocada pela pandemia do Coronavírus, que provocou o distanciamento social e proibiu aglomerações, obedecendo aos decretos dos governos estadual e municipal ainda em vigor.

Durante esse período, o estádio passou por um grande processo de manutenção e recuperação das suas dependências, principalmente do gramado de futebol, que estava precisando mesmo de um repouso para recuperação e tratamento de algumas pragas que já se alastravam, provocando manchas amarelas na grama.

“Não paramos durante esses dias de afastamento social. Nossas esquipe estiveram trabalhando diariamente, especialmente no gramado, tratando, hidratando a grama e combatendo as pragas, que tomavam conta do gramado. O gramado está lindo, todo verdinho. Dá gosto a gente ver”, comentou Sidrack Marinho, administrador da Arena Batistão.

Ainda segundo o administrador daquela praça de esportes, foram realizados outros serviços de manutenção da rede elétrica, com a substituição de lâmpadas e reatores. “O objetivo é deixar todas as 216 lâmpadas das seis torres acesas, pois teremos pela frente o Campeonato Sergipano e competições nacionais promovidas pela CBF. Estamos preparando a Arena Batistão para o Campeonato Sergipano e principalmente, para as competições nacionais. Até a abertura da Série B e Série D, aquela praça de esportes estará com uma nova configuração. Muitas novidades, que surpreenderão os desportistas sergipanos – concluiu Sidrack Marinho.

Fonte: Superintendência de Esporte

Comentários