Boca clama por premiação

0

Barroso Guimarães

Geralmente a conquista de um título é motivo de sobra para vários dias de comemoração, principalmente dentro do futebol considerado uma das paixões do brasileiro. Contudo, a diretoria do Boca Junior que no último final de semana sagrou-se campeão da Serie A2 do Campeonato Sergipano, a vitória trouxe também algumas cobranças por parte do elenco de jogadores.

O premio divulgado para o Campeão da Segunda Divisão do Estadual é de R$ 15 mil, porém o Boca Junior até o momento ganhou, mas não levou. De acordo com declarações do próprio presidente do clube, Gilson Behar um grupo de jogadores que desejam retornar para suas cidades de origem ainda esperam o rateio para seguir viagem.

Ontem a tarde parte da diretoria se comprometeu em seguir junto com alguns jogadores até a Federação Sergipana de Futebol com a finalidade de tentar agilizar o impasse por meio do conhecimento e prestigio do presidente Jose Carivaldo de Souza.

Gilson Behar ainda disse ter plena convicção que não faltará empenho do dirigente Carivaldo de Souza para novamente buscar solucionar os problemas do Boca Junior, mas enaltece que se isso não for resolvido com rapidez, teme ter enormes dificuldades para a formação do plantel que disputará o Estadual em 2008.

Até o fechamento desta edição tentamos entrar em contato com o presidente da Federação Sergipana de Futebol, contudo não tivemos êxito. O objetivo era saber se antes do final do campeonato além do valor da premiação a entidade máxima gestora do futebol profissional sergipano, também se preocupou em divulgar o prazo em que o dinheiro seria repassado pelo patrocinador.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais