Brasil conquista medalha de ouro no handebol masculino

0

A alegria da conquista do hanndebol
Rio de Janeiro – Seja no feminino ou no masculino, o handebol brasileiro é o número um das Américas. Neste domingo (22), a Seleção Brasileira Masculina conquistou a medalha de ouro e sagrou-se bicampeã dos Jogos Desportivos Pan-Americanos do Rio de Janeiro.

Na grande final, o Brasil derrotou a rival Argentina por 30 a 22 (parcial 11 a 6), no pavilhão 3 do Complexo Esportivo do Riocentro. O artilheiro da partida foi Bruno Souza, com 9 gols. Com essa conquista a Seleção Brasileira garantiu a vaga para as Olimpíadas de Pequim, em 2008, na China. Os argentinos, que provocaram tremenda confusão ao final da partida, tentando desqualificar a conquista brasileira.

O técnico Jordi Ribera ficou muito satisfeito com o resultado do trabalho, onde conquistou o título invicto. “Quando assumi a Seleção Brasileira toda a preparação foi focada nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro e agora estamos colhendo os frutos. A equipe jogou muito bem técnica e taticamente durante toda a competição. Na final, o nosso ataque funcionou muito bem e o Maik esteve muito bem durante todo o jogo, fez belas defesas e comandou a nossa defesa”, disse.

Após a conquista do Pan, Ribera se despediu do comando da Seleção. O treinador comandará a equipe espanhola Adhemar Leon. “Vou para a Europa, mas as portas estão abertas. Posso voltar a qualquer momento. Os dois anos de trabalho no Brasil foram excelentes e inesquecíveis na minha carreira. É uma alegria para a vida toda. Fico feliz em saber que ajudei a Seleção Brasileira Adulta e também as categorias de base a criar seu próprio padrão de jogo”.

O capitão Helinho lamentou a saída do comandante. “Com a chegada do Jordi, o handebol brasileiro deu grande salto de qualidade, mas o importante é que ele plantou muitas coisas boas e aos poucos vamos colhendo os frutos. Mas, ainda acredito que ele voltará”, brincou. “Estive nas últimas edições dos Jogos e estou muito feliz com o crescimento da modalidade. Com esse incentivo e dedicação estamos no caminho certo e acredito que chegaremos a ser tão campeões como o futebol e o vôlei brasileiro”, comentou.

O ponta direita Silvinho foi um estreante pé quente. O atleta participou pela primeira vez do Pan, já conquistou a medalha de ouro e ainda foi eleito o melhor jogador da sua posição. “É um sonho mais que realizado. Comecei tarde a jogar handebol e nunca imaginei chegar onde estou. Estou muito feliz”, finalizou.

Além de Silvinho, o ponta Felipe Borges e o armador esquerdo Bruno Souza entraram na lista dos melhores da competição. Na competição feminina, três atletas brasileiras também estão entre as melhores: a goleira Chana Masson, a ponta esquerda Aline Rosas, a Pará, e a pivô Daniela Piedade.

Marcaram pelo Brasil: Zeba (2), Menta (1), Tupan (3), Bruno (9), Leo (6), Helinho (4), Borges (4) e Bruno Santana (1).


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais