Brasil tropeça na marcação paraguaia: 1 a 1

0

O Brasil não repetiu a excelente atuação da estéia, e tropeçou diante do Paraguai na segunda rodada do Grupo B do Sul-Americano Sub-20, na Colômbia. Brasileiros e paraguaios empataram em 1 a 1, no estádio Palogerande, em Manizales, e seguem como favoritos para às vagas do grupo para a próxima fase.
A seleção brasileira começou empolgada querendo repetir a boa atuação da estréia, quando goleou o Equador por 5 a 0, e logo aos nove minutos conseguiu seu primeiro escanteio na partida. Na cobrança, a zaga paraguaia falhou e a bola sobrou para Diego Barcelos na pequena área, mas o atacante do Internacional de Porto Alegre chutou em cima do goleiro López.

Aos dezessete, o Paraguai respondeu com perigo. Acuña cabeceou livre na área para grande defesa de Renan, que colocou para escanteio. O Brasil voltou a assustar somente aos 25 minutos, com uma cabeçada do zagueiro Edcarlos, após cruzamento de Rafinha.

O jogo ficou truncado e com muitas faltas entre as intermediárias. A seleção brasileira tinha maior posse de bola, mas esbarrava na forte marcação paraguaia. Lance de perigo mesmo somente aos 42 minutos, quando o goleiro brasileiro Renan fez boa defesa em cobrança de falta da entrada da área.

As duas equipes voltaram com os mesmos jogadores para o segundo tempo, que começou com o Brasil pressionando. Logo aos três minutos, o volante Roberto arriscou de fora da área e a bola passou perto do ângulo do goleiro López.

O Paraguai respondeu aos dez minutos. Lançamento da intermediária para o atancante Acuña, que tentou a bicicleta da entrada da área, mas Renan adiantado antecipou e com um tapa ficou com a bola.

No minuto seguinte, o Brasil conseguiu o seu gol. Rafael Sobis cruzou da direita e Diego Barcelos escorou de cabeça para as redes. Fazendo 1 a 0. No ataque seguinte, aos doze minutos o Brasil quase ampliou. Rafael Sobis robou bola na entrada da área e livre chutou para fora.

Aos 17 minutos, o empate paraguaio. Cristian Bogado recebeu livre e da entrada da área arriscou o chute. A bola passou por baixo das pernas do volante Alê e entrou rasteira no canto esquerdo do goleiro Renan. 1 a 1.

O Paraguai chegou de novo aos 20 minutos. Acuña esperimentou de fora da área e a bola passou com perigo. O Brasil respondeu aos 26 minutos em cobrança de falta do lateral Felipe. O goleiro Lopez colocou para escanteio.

Aos 33 minutos, Rafael Sobis fez grande jogada pela esquerda e chutou cruzado, a defesa se antecipou e colocou para escanteio, antes de Quirino completar para o gol. Aos 35, Quirino quase marcou. Bate-rebate na área paraguaia, a bola sobrou para o atacante do Atlético Mineiro que cabeceou no travessão.

Aos 40 minutos, o árbitro colombiano cometeu um erro que poderia mudar o resultado da partida. Rafael Sobis foi atingido dentro da área pelo zagueiro Meza, mas Carlos López não marcou o pênalti a favor do Brasil.

Depois os paraguaios começaram o cai-cai e o Brasil não conseguiu mas chegar ao gol de López. Com o empate a seleção brasileira chegou aos quatro pontos e segue na liderança do Grupo B. Os paraguaios agora somam dois pontos e ocupam momentaneamente a segunda colocação.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 1 x 1 PARAGUAI

Data: 16/01/05 – 20h10 Local: Palogrande, em Manizales (COL) Árbitro: Carlos López (COL) Renda/público: não divulgados Cartão amarelo: Quirino, Renato, Edcarlos, Leonardo, Roberto, Evandro (BRA); Figueredo (PAR) Gols: Diego Barcelos 11'/2ºT (1-0); Bogado 17'/2ºT (1-1)

BRASIL: Renan, Rafinha, Edcarlos, Leonardo e Felipe; Roberto (Diego 14'/2ºT), Alê, Renato e Evandro (Amparo 29'/2ºT); Diego Barcelos (Quirino 22'/2ºT) e Rafael Sobis Técnico: Rene Weber

PARAGUAI: López, Aguayo, Alonso, Meza e Cézar Martínez; Cantero, Montiel, Guimarães e Bogado (Rodrigo Roman 26'/2ºT); Gonzalez (O. MArtínez 42'/2ºT) e Acuña (Figueiredo 36'/2ºT) Técnico: C. Maldonado

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais