Brasil x Japão: “Ossos do ofício” para Zico

0

Campinas, SSP, 20 (AFI) – Depois de defender o Brasil por três Copas do Mundo como jogador, Zico agora vai enfrentá-la como técnico. Ele é o treinador da Seleção do Japão e garante estar de coração preparado para enfrentar a seleção de seu país, nesta quarta-feira, pela Copa das Confederações.

“Será uma sensação diferente, porque sempre estive do lado brasileiro. Verei muitos amigos, mas não posso decepcionar os japoneses, porque minha obrigação profissional é com eles”, reconheceu Zico.

Mas o que mais apimentada toda a história é que a partida desta quarta-feira pode significar a desclassificação da Seleção Brasileira da Copa das Confederações. Este fato está mexendo com Zico, já que gostaria que ambas as seleções classificassem.

“Dia desses, conversava por telefone com um amigo, que lembrou um episódio que ocorreu com o Bebeto de Freitas. Houve um tempo em que ele treinava a seleção masculina de vôlei da Itália e enfrentou o Brasil em uma Copa do Mundo. Os italianos ganharam por 3 a 2 e isso significou a desclassificação brasileira. Ele ficou com uma sensação ruim por ter desclassificado o Brasil, mas era o trabalho dele,” comparou Zico.

O Brasil perdeu para o México, por 1 a 0, no último domingo e agora precisa de pelo menos um ponto para passar às semifinais da Copa das Confederações. O jogo diante da seleção de Zico será nesta quarta-feira, na Alemanha, mas apenas um treinador brasileiro sairá com a classificação.

 


(Agência Futebol Interior)


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais