Ciclista que começou em SE garante vaga nas Olimpíadas

0
Gideoni, com as cores do Brasil: vaga garantida (Foto: Antonio Borga/CBC)

Cearense de nascimento com carreira iniciada em Sergipe, o ciclista Gideoni Monteiro garantiu no último fim de semana uma vaga para o Brasil nas Olimpíadas do Rio 2016. O atleta se classificou na prova Omnium, a mais complexa do ciclismo de pista, com seis corridas em dois dias de competição no Campeonato Mundial da modalidade em Londres.

Residente em São Paulo há mais de oito anos, Gideoni começou sua carreira no ciclismo em Sergipe, onde foi campeão sergipano da categoria Júnior e representou o estado em várias competições regionais – inclusive com títulos pela Copa Nordeste e Norte/ Nordeste.

"Estou muito feliz de conseguir essa vaga olímpica. Foram dois anos de muita luta. Agradeço a todos que me ajudaram. Boa parte dos ciclistas que vão estar nos Jogos estavam aqui em Londres, então foi muito bom encarar essa pequena prévia”, destacou o atleta, que será ainda o primeiro brasileiro a representar o país na Omnium, prova que entrou para o cronograma do ciclismo de pista apenas na Olimpíada de Londres/2012.

A última participação do Brasil em uma prova de Ciclismo de Pista nas Olimpíadas havia sido há 24 anos, com Fernando Louro na prova por pontos em Barcelona. O Mundial na Inglaterra era a última oportunidade para os ciclistas somarem pontos no ranking olímpico da UCI e apenas os 18 melhores países carimbavam passaporte para o maior evento poliesportivo do mundo. Gideoni encerrou a prova na 18ª posição e colocou o Brasil em 15º lugar no ranking olímpico – à frente de adversários como Espanha, México e Canadá.

Com informações da Confederação Brasileira de Ciclismo

Comentários