Começa o II Aberto de Tênis de Mesa de Aracaju

0
Competição acontece até o domingo, 9 (Fotos: Portal Infonet)

Neste sábado, 8, atletas de todo o Brasil participam do II Aberto de Tênis de Mesa de Aracaju. A competição que está sendo realizada no ginásio do Colégio Salesiano conta com 118 atletas, entre eles, 60 sergipanos e demais dos estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Distrito Federal e São Paulo.

O presidente da Federação de Tênis de Mesa de Sergipe (FTM-SE), Guido Borges, ressalta a importância da competição. “O Tênis de Mesa é um esporte olímpico e neste campeonato temos diversos representantes de Sergipe levando a bandeira do Estado. Para a gente que faz e participa do esporte é uma gratificação enorme”, diz.

Ainda de acordo com o Guido Borges, participam da competição atletas com idade entre 8 e 84 anos, divididos nas categorias Ranking e Rating. Entre os mais novos no esporte estão Guilherme Guimarães, 10 anos, que tomou contato com o tênis de mesa através de um amigo. “Há 3 meses comecei e jogar e esta é a terceira vez  que participo da competição. Para mim, a fase final sempre é mais difícil, porque sempre fico mais nervoso”, diz.

Presidente FTM-SE, Guido Borges

Em 1º lugar no Ranking Nacional, o sergipano Marcos Nascimento, 22, foi campeão na Copa Brasil e venceu também o Campeonato Sergipano 2011. “O tênis de mesa é interessante porque ao mesmo tempo em que é um esporte individual, ele proporciona um interatividade com o outro jogador. Cada competição é como se fosse uma superação técnica, pois me sinto mais calmo para poder desenvolver um jogo melhor e planejar estratégias”, comenta.

Representando os mais veteranos, Rubens Real, 67, traz a bandeira de São Paulo para a competição. “Há mais de 30 anos pratico o tênis de mesa, não existe idade para jogar. É um esporte interessante por causa da velocidade do jogo e dos benefícios que proporciona, como maior agilidade, fortalecimento e movimento”, ressalta.

Competição

Sergipano Marcos Nascimento está em 1º lugar no Ranking Brasileiro

A competição que ocorre até o dia 9, conta pontos para o ranking brasileiro e serve como seletiva para as fases de formação da seleções brasileiras de tênis de mesa. Haverá uma premiação especial no valor de R$1.000,00, divido em R$750,00 para o campeão e R$250,00 para o vice-campeão.

Por Verlane Estácio e Aisla Vasconcelos

Comentários