Confiança faz dever de casa e volta ao G4

0

Guarani apresentou futebol superior aos adversários anteriores do Confiança
De Campinas veio a enorme faixa com a palavra ‘Fúria’ estampada. E foi assim que a pequena torcida do Guarani saiu do Batistão na noite de quarta, 22: furiosa. Dois belos gols deram mais três pontos à equipe do Confiança, que após a goleada de 6 a 0 em Goiânia, respira aliviada e segue firme na briga pelo acesso à série B em 2009.

 

O Dragão começou ofensivo, dando trabalho à zaga do Guarani. Logo nos primeiros minutos, o time sergipano teve três boas chances de gol, enquanto o ataque adversário chegou pela primeira vez na área do goleiro Fábio aos oito minutos. O jogo ficou equilibrado, mas o Confiança chegava mais vezes perto de abrir o placar.

 

O gol

 

“Vamos subir Dragão” continua sendo o hit mais cantado pela torcida
Até que esse momento chegou através da cabeça de Wilson Surubim, aos 31 minutos do primeiro tempo. Os 14.198 torcedores, entre eles o governador Marcelo Déda, explodiram o estádio de alegria. Enquanto isso, os jogadores do Guarani buscavam o empate.

 

A equipe proletária voltou no segundo tempo colocando mais pressão, mas o time de Campinas honrou a estrela de campeão brasileiro em 78 e acordou de vez para a partida. Logo aos sete minutos, o artilheiro Fernando Gaúcho empatou para o Guarani com um gol de cabeça que calou a torcida azulina.

 

O jogo seguiu morno, o Confiança perdeu várias oportunidades de voltar a frente do placar, e a Trovão Azul começou a gritar o nome de Alisson. Pedido aceito pelo técnico Maurício Simões, que o colocou no lugar de Tailson.

 

Cristiano Alagoano faz belo gol

 

Guarani voltou melhor no 2º tempo (Fotos: Gabriela Amorim)
Com mais agilidade na ala direita, um escanteio foi decisivo para o segundo gol dos donos da casa: a zaga dos campineiros ficou bagunçada e Cristiano Alagoano aproveitou para marcar de bicicleta.

 

Após o segundo, o Confiança melhorou bastante na partida, partiu mais pra cima do adversário e perdeu inúmeras chances de matar o jogo em 3 a 1. Destaque para a linda jogada de Alisson para Fabinho, que de frente para o gol, chutou a bola por cima do travessão.

 

Fabinho entrou no lugar de Jorginho, que saiu de campo com um machucado no braço aos 18 do primeiro tempo. Às 22h22, o baiano Manuel Nunes Garrido apitou o jogo e o Dragão foi à 3ª posição na tabela do octogonal final.

 

Por Glauco Vinícius e Gabriela Amorim

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais