Confiança sai na frente, mas leva virada do Juventude em Caxias/RS

0
Partida foi marcada por erros da arbitragem (Foto: Arthur Dallegrave)

Em partida bastante movimentada e polêmica, no Estádio Alfredo Jaconi, na noite desta terça-feira, 8, o Juventude venceu o Confiança de virada por 3 a 1. O primeiro e o terceiro gol dos donos da casa foram alvos de muita reclamação da equipe sergipana, que vai entrar com uma representação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra a arbitragem da partida, comandada pelo paulista Leonardo Ferreira de Lima.

Na primeira etapa o Confiança começou pressionando e criando as melhores chances. O volume de jogo se transformou em gol aos 24 minutos. Jeferson acertou bola de primeira na entrada da área e mandou para o fundo das redes. Depois do gol, a partida ficou equilibrada.

Na segunda etapa tudo mudou. O Juventude se lançou ao ataque e começou a pressionar o Confiança. Até que aos 22 minutos Breno Lopes recebeu a bola em posição de impedimento e marcou o gol – a arbitragem não viu a infração e validou o gol (na Série B não há VAR). A pressão da Juve continuou, e 12 minutos depois, Gustavo Bochecha, da entrada da área, acertou chute fraco, mas colocado no canto esquerdo de Jean – virada dos donos da casa.

Nos minutos finais a equipe do Confiança transpareceu cansaço físico e não conseguia reagir. Nos acréscimos da partida, o juiz assinalou pênalti para o Juventude, em um lance entre o zagueiro Mancini e o atacante Capixaba. A falta, no entanto, foi fora da área. Renato Cajá bateu e marcou o 3º gol dos gaúchos.

Com a derrota, o Confiança se manteve em 15º com 7 pontos. Já o Juventude pulou para 3ª colocação com 15 pontos. O próximo compromisso do azulino é contra o Avaí, na Arena Batistão, na próxima terça-feira, às 19h15.

Por Ícaro Novaes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais