Confiança vence e continua na briga

0

A presença de público já não é mais a mesma, mas a esperança de ver o Confiança na segunda divisão ainda é grande. Pouco mais de 5.600 torcedores compareceram ao Batistão na noite de quarta, 12, para ver o representante sergipano na série C vencer o Águia (PA) por 3 a 2, mantendo vivo o sonho do acesso à segunda divisão em 2009.

Desperdício

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Fabinho avançou a área do adversário, passou pelo goleiro Ângelo, mas não conseguiu marcar, mesmo com o gol vazio. Esta foi uma das seis oportunidades perdidas pelos donos da casa na primeira etapa do jogo.

Já aos sete minutos, o atacante Aleílson avançou rumo ao gol de Fábio, passou pela zaga azulina e aproveitou o vacilo de Wilson Surubim para abrir o placar, para a tristeza da fiel torcida do Confiança.

Virada

Mas os representantes da equipe do bairro Industrial não se abateram com o gol do Águia e foram em busca da virada no jogo. Aos 14 minutos, Da Silva correu em direção à grande área, driblou os zagueiros e bateu com categoria para o gol, deixando tudo igual no marcador do Batistão.

Embalados pelos gritos de uma pequena, mas eufórica, torcida, Da Silva e Cristiano Alagoano protagonizaram o lance da virada: o meia tocou a bola para o artilheiro do Confiança, que penetrou a área e chacoalhou a rede do time paraense. E o famoso grito ‘Vamos subir Dragão’ foi substituído por ‘Ah, eu acredito!’ na arquibancada do maior estádio de Sergipe.

2º tempo: Confiança amplia e Águia encosta

O segundo tempo da partida foi marcado por vários gols perdidos pelo jogador Fabinho, do Dragão, e pelo pedido da torcida para que Jorginho saísse de campo. Mesmo não sendo atendido, o público pôde pular e vibrar, aos 12 minutos, com o belo gol de Da Silva, que aproveitou o rebote e marcou o terceiro.

Aos 28, o Águia mostrou que ainda estava vivo no jogo e diminuiu através da cabeça de Ciro: após cobrança de escanteio, o atleta subiu sozinho na área e não deu chances para que o goleiro Fábio defendesse, marcando o segundo gol do time do interior paraense.

O jogo foi paralisado por 20 minutos, devido a uma falta de energia no Batistão. No retorno ao campo, a equipe do Águia manteve o ritmo, enquanto o Dragão caiu de produção mas não permitiu que o time de Marabá fizesse o terceiro.

De olho nos outros

Com os três pontos, o Confiança agora está menos distante do grupo que briga para terminar o torneio no G4. Os olhos agora estão voltados para os dois jogos que ocorrerão na noite de quinta: quem torce pelo time de Aracaju precisa torcer para que o Atlético (GO) vença o Brasil (RS) e que a partida entre Guarani (SP) e Duque de Caxias (RJ) termine em empate.

Por Glauco Vinícius e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais