Confiança vence, mas a festa é do Duque

0

(Foto: Filippe Araújo)
O time que chegou a pôr mais de 15 mil pessoas no estádio Lourival Batista se despediu da série C 2008 diante de arquibancadas quase vazias na noite de domingo, 23. Mesmo assim, o Confiança deu adeus a uma inesquecível temporada vencendo o Duque de Caxias por 3 a 2 e voltará a sonhar com a série B em 2009.

Apesar da vitória ter sido dos sergipanos, a festa foi dos fluminenses. Mesmo com a derrota, o Duque de Caxias festejou o acesso à segunda divisão, já que o Águia (PA) perdeu para o Guarani (SP) e a quarta vaga foi definida pelo saldo de gols. O governador do Rio, Sérgio Cabral, acompanhou o jogo no Batistão.

Gol perdido de Fabinho (Foto: Filippe Araújo)
Superioridade no primeiro tempo

 A equipe sergipana começou superior ao adversário, tanto que abriu o placar aos quatro minutos através de Da Silva, que bateu cruzado pela esquerda e fez um golaço. Poderia ter ampliado aos 23, com Alisson, e aos 30 minutos com Fabinho, que apesar de ter ficado cara a cara com o gol, chutou para a linha de fundo.

Aos 36 minutos, Tinoco derrubou Da Silva na grande área e o árbitro Wilson Souza de Mendonça marcou o pênalti. Em tom de deboche, a torcida pediu que Fabinho batesse, mas foi Cristiano Alagoano que chutou nas mãos do goleiro Borges. Sete minutos após, Alan passou para Dudu que empatou o jogo no Batistão aos 43 minutos.

(Foto: Filippe Araújo)
Duque vira, mas Dragão corre atrás e vence

Como em todos os jogos do returno da série C, o Confiança entregou o jogo para o adversário no segundo tempo. O time não se encontrava em campo e quem aproveitou foi o ataque do Duque de Caxias, mais precisamente o camisa 11, Dudu, que virou o jogo para a equipe fluminense aos quatro minutos, em cruzamento pela direita.

Após permitir que os visitantes ditassem o ritmo do jogo, o time proletário ensaia uma reação e obtém sucesso. O zagueiro Bira começou a jogada, avançou à grande área e o reserva Jadson

Pênalti perdido de Cristiano Alagoano (Foto: Filippe Araújo)
marcou o gol de empate do Dragão. Aos 33 minutos, o próprio Bira aproveitou uma falha do goleiro Borges e devolveu a vantagem ao Confiança, marcando o terceiro para os donos da casa.

Com o resultado, o Confiança termina a fase final na sétima colocação na tabela de classificação com 17 pontos. Já o Duque de Caxias, com 18 pontos, um a mais que o time sergipano, vai disputar a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2009. Inevitável não lembrar do empate com o lanterna Rio Branco (AC) em pleno Batistão, no dia 25 de outubro. 

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais