Crianças e Adolescentes assistidas pela PMA são contempladas com medalhas

0

Crianças e Adolescentes assistidas pela PMA são contempladas com medalhas de ouro em Copa de Judô Os programas sociais desenvolvidos pela Prefeitura de Aracaju para assistir crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social tem surtido bons efeitos. A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania – SEMASC – tem descoberto grandes talentos entre crianças e adolescentes que antes tinham apenas as ruas da cidade como única alternativa de sobrevivência. Exemplo claro desta progressão, é o resultado de competições esportivas das quais participam os garotos inseridos nos programas da PMA. No III Festival de Judô, que ocorreu paralelamente à VI Copa Módulo de Judô, promovidos pelo Colégio Módulo, 58,3% das crianças e adolescentes inseridos no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – Peti – da Prefeitura de Aracaju, que participaram da competição, foram classificados. Entre os classificados, 47,71% levaram medalhas de ouro. “É um trabalho muito importante, não só pela prática do judô, mas principalmente pela participação dessas crianças e adolescentes que se encontram em situaçãode risco e vulnerabilidade social”, analisa o professor Chistiano Mesquita,do Centro de Referência da Assistência Social à Criança, ao Adolescente e à Família Professor Gonçalo Rollemberg Leite. “Por meio do Peti, elas têm a oportunidade de ocupar parte de seu tempo praticando uma atividade saudável que desenvolve a auto-estima e a disciplina”, complementa. No total, 60 crianças e adolescentes do Peti participaram do campeonato. Entre elas, 35 foram classificadas, sendo que 16 foram contempladas commedalha de ouro. Competiram nesta Copa de Judô crianças e adolescentes de três Centros de Referência da Assistência Social à Criança, ao Adolescente e à Família mantidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania: do Centro Joana de Angelis, no Santa Maria; do Centro Professor Gonçalo Rollemberg Leite, da rua Alagoas, no bairro José Conrado deAraújo; e do Galpão do bairro América. “Os judocas do Peti estão participando comsucesso pela terceira vez, neste ano, de Copas de Judô”, comenta oprofessor Christiano Mesquita. O sorriso das crianças e dos adolescentes revelam a satisfação em ter a oportunidade de comemorar a vitória. “É a primeira vez que participo deuma Copa e já ganhei uma medalha de bronze. É muita emoção”, empolga-se o judoca Anderson Santos, 15, que competiu na categoria Juvenil. MELHOR DESEMPENHO As crianças e adolescentes do Peti disputaram nas categoriasInfanto-Juvenil (11 e 12 anos), Pré-Juvenil (13 e 14 anos) e Juvenil (15 a 17 anos). As crianças com faixa etária de dez anos participaram na categoria Chupetinhae todas ganharam medalhas. “É uma forma de incentivo para os que estão começando a praticar o judô”, justifica o professor. Fazendo um paralelo da participação das crianças e adolescentes do Centro Professor Gonçalo Rollemberg Leite na Primeira Copa de Judô realizada pelo colégio São Paulo com a Copa do Módulo é possível destacar um avanço na classificação deles. O judoca Luís Henrique, por exemplo, que na Copa doCOC ganhou medalha de prata, na Copa do Módulo foi classificado em primeiro lugar, na categoria Pré-Juvenil, levando com orgulho sua primeira medalha de ouro. Jéssica dos Santos, 13 anos, foi considerada uma revelação nesta Copa. Ela é faixa branca e lutou com uma judoca de faixa laranja, três níveis acima da dela. Jéssica teve bom desempenho e foi contemplada com medalha de ouro. “Nem acredito que ganhei de uma judoca de faixa laranja. Eu sou faixa branca! Foi muito bom!”, comenta com muita alegria, a judoca JéssicaSantos, 13 anos, que disputou na categoria Pré-Juvenil. Diego dos Santos, que não foi classificado na Copa do COC, ficou em terceiro lugar na Copa do Colégio Módulo, conquistando a medalha de bronze. Estes resultados deixam o professor bastante satisfeito. “Esse é o resultado de muito treinamento”, comenta o professor. “Independente das Copas de Judô, estamos treinando para, quando as oportunidades chegarem, levarmos novas vitórias”, afirma Christiano. Confira a classificação das crianças e adolescentes do Peti Bairro América Larissa Pereira – Chupetinha – 1º lugar Érica Maria Santos – Infanto-juvenil – 1º lugar Soyane dos Santos Mendonça – Infanto-juvenil – 2º lugar Adriana dos Santos – Infanto-juvenil – 3º lugar Juane Michele Souza – Infanto-juvenil – 2º lugar Silvaneide dos Santos – Pré-Juvenil – 3º lugar Samira Vasconcelos de Paula – Juvenil – 3º lugar Syndia Nogueira Alves – Juvenil – 1º lugar Rosimeire de Jesus Souza – Juvenil – 3º lugar Thiago Francisco Gonçalves – Chupetinha – 1º lugar Alex Alves Santos – Chupetinha – 1º lugar Edson Luiz Santos – Infanto-juvenil – 1º lugar Júlio Sérgio Barbosa – Infanto-juvenil – 1º lugar Jéferson Monteiro da Silva – Infanto-juvenil – 2º lugar Jadson dos Santos Rodrigues – Infanto-juvenil – 3º lugar Sivaldo dos Santos – Pré-Juvenil – 1º lugar Anderson Luiz Santos – Pré-Juvenil – 3º lugar Paulo Roberto Oliveira – Pré-Juvenil – 2º lugar Severino dos Santos – Juvenil – 3º lugar Jhonatan Lennon dos Santos – Juvenil – 3º lugar Joana de Angelis Francilele Santos Silva – Chupetinha – 1º lugar Fablízia Santos Silva – Pré-Juvenil – 1º lugar Aline Alves Dantas – Juvenil – 1º lugar Thiago dos Santos – Chupetinha – 1º lugar Crislan Istrazz – Infanto-juvenil – 1º lugar David Jadson Sandres – Infanto-juvenil – 2º lugar Centro de Referência Professor Gonçalo Rollemberg Leite Adilson Camilo – Infanto-juvenil – 2º lugar Wallace Conceição – Infanto-juvenil – 1º lugar Diego Santos – Pré-Juvenil – 3º lugar Luís Henrique – Pré-Juvenil – 1º lugar Anderson Roberto – Juvenil – 3º lugar Evandro Conceição – Juvenil – 2º lugar Ana Carla – Infanto-juvenil – 2º lugar Fernanda Xavier – Pré-Juvenil – 2º lugar Jéssica Santos – Pré-Juvenil – 1º lugar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais