Dantas denuncia que alguns policiais querem entrar de graça no Batistão

0

O diretor de futebol do Confiança, Milton Dantas, denunciou que durante o jogo entre Confiança e Internacional, na última quarta-feira, centenas de pessoas entraram no Batistão sem pagar ingresso. Segundo Dantas, o portão, onde fica a Policia Militar, é o local que estava acontecendo à evasão de renda. “Policiais de folga entravam de graça e ainda traziam a tiracolo cerca de dez pessoas que também não pagaram um centavo”, disse o dirigente, ressaltando que este fato ninguém lhe contou até porque foi constatado por ele e o presidente Daniel Bispo. Milton Dantas afirmou que essas pessoas por serem policiais se achavam no direito de colocar parentes e amigos de graça. “Isso é um absurdo. Eu, o presidente e Nei Teles fomos ao local e pedimos para que porteiro fechasse o portão senão o prejuízo seria bem maior”, acrescentando que essa medida não fosse tomada, o Batistão ficaria lotado e o publico pagante seria insignificante. O diretor de futebol enalteceu a preocupação do deputado Walker Carvalho, no sentido de saber o que está acontecendo com as rendas no Batistão e fez uma sugestão: que o parlamentar crie um projeto para a implantação das catracas eletrônicas nos estádios. Dantas informou ainda que um dos porteiros que se negou a dar acesso a um dos policiais foi surpreendido por um deles, que sacou um revolver e apontou a arma em direção a sua cabeça. O porteiro não teve outra alternativa senão permitir a sua entrada sem pagar. O policial armado não estava de serviço. Ele veio para estádio para assistir a partida de graça com os seus amigos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais