De virada, Hospital Universitário é campeão

0

 
No último domingo, 16, no Complexo Desportivo da UFS, o Hospital Universitário, ao derrotar os Centros de Ciências por 4 a 2, sagrou-se campeão do 9º Campeonato Integração de Futebol do SINTUFS – 2ª. Copa Intersetorial.

A brilhante vitória da equipe rubra do HU foi conquistada numa virada sensacional, durante o segundo tempo da partida, após terminar o primeiro tempo perdendo por 2 a 1. Apesar da equipe dos Centros de Ciências, pelo desempenho técnico em todo o certame, ter a vantagem do empate, iniciou a decisão de forma ofensiva partindo para o ataque, chegando a fazer 2 a 0 com um gol olímpico do lateral Paulo Geovane e outro do meia Silvanito.
Joseilton, no rebote de um pênalti desperdiçado, descontou para o HU.Mas, com a substituição efetuada pelo técnico Everaldo Lunga, durante o intervalo, o HU cresceu no decorrer do segundo tempo, passando a dominar e pressionar os Centros de Ciências, na busca do empate, o que aconteceu logo, numa cobrança de falta do apoiador Cláudio Brito. Daí a pressão do HU aumentou mais ainda, pois só a vitória interessava, o que resultou com a virada através de Wendel.

A partir de então, o HU se retraiu para assegurar a vitória, explorando os contra-ataques aproveitando-se da velocidade dos atacantes Wendel e Éverton. E os Centros passaram a pressionar, chegando a perder duas boas oportunidades através de Arnaldo.

No apagar das luzes, em outra cobrança de falta, com maestria, de novo Cláudio Brito, o craque do jogo e do certame, ampliou o escore para 4 a 2. Estava decretada a conquista do HU e foi só esperar o apito final do árbitro Édmo Oliveira, pertencente ao quadro da CONAF/CBF, que teve uma excelente atuação, para finalmente o HU soltar o grito de “é campeão!”

O HU sagrou-se campeão atuando com Ismael, Zé Carlos (depois Cláudio Brito), Joseilton, Fábio Rollemberg e Moacir Neto; Cléverton Pereira, Maurício, Everaldo (depois Fábio Ramalho) e ânderson Silva (depois Éverton Souza); Wendel e Éverton Ribeiro. Os Centros de Ciências jogaram com Bebeto, Marcos Moraes (depois Sidney), Marcelo Ferreri, Gentil depois Lázaro) e Paulo Geovani; Wânderson Santos, Lázaro (depois lson), Silvanito (depois Éverton Ferreira) e Yuri; Raimundo (depois Cícero) e Arnaldo.

O árbitro central da grande final, com execelente atuação, foi Édmo
Oliveira (CONAF/CBF). Arnaldo (Centros) foi o artilheiro do certame com 11 gols. Ismael (HU), o goleiro menos vazado com 9 gols.

A competição reuniu 6 equipes formadas por filiados do SINTUFS (técnicos
administrativos da UFS) e convidados (docentes e terceirizados da UFS),
totalizando cerca de 180 atletas, configurando-se no maior certame de
futebol das entidades sindicais no estado de  Sergipe.

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais