De volta aos treinos, sergipano mira mundial de Jiu-Jitsu em dezembro

0
Faixa marrom e categoria peso médio, atleta se vê no melhor momento da carreira (Foto: Arquivo Pessoal)

Com as academias de luta fechadas por mais de quatro meses, durante esta pandemia, Sereno teve que recorrer aos treinos aeróbicos dentro de casa para manter a forma. Apesar que, na modalidade dele, o Jiu-Jitsu, pelo menos um parceiro de treino seria o ideal para aprimorar técnicas do esporte – mas não deu. A volta aos treinos só ocorreu no dia 29 de agosto, com a reabertura das academias, e agora ele corre atrás do tempo perdido. “Deu pra sentir a diferença [na parte física], mas não foi tão grande porque segui algumas recomendações da academia durante essa paralisação. Agora estamos voltando ao normal”, explica o sergipano.

Se antes da parada o foco já era grande, agora os treinos tendem a ser bem mais intensos. O objetivo está lá no final do ano, quando Sereno vai disputar o Grand Slam Abu Dabhi, no Rio de Janeiro. A competição recebe lutadores de todo o mundo e é uma das mais credenciadas dentro da modalidade. “Eu disputei uma vez, mas acabei parando na segunda luta, porque não estava tão preparado. Neste ano sinto que estou bem mais preparado, tanto na parte técnica quanto na mental. ”, analisa o faixa marrom, que tem mantido uma rotina diária de treinos. O Grand Slam acontece entre 4 e 6 de dezembro.

Copa Pódio será o primeiro desafio de Sereno na volta das competições (Foto: Divulgação/Atleta)

Antes da competição mundial, Sereno tem um desafio local. A Copa Pódio, que ocorre em 26 de setembro, vai marcar o retorno do lutador às disputas oficiais. “É uma seletiva que acontece em Aracaju e está em jogo uma vaga para uma competição que acontece em São Paulo”, frisa. O torneio terá arquibancadas fechadas para torcida, mas será transmitido pelo Youtube, segundo o atleta.

Com quase 8 anos de vida dedicados ao Jiu-Jitsu, o sergipano se vê no melhor momento da carreira e não tem medido esforços para participar das competições. Ele explica que tem buscado parcerias e apoio para conseguir participar de grandes eventos, como o Grand Slam Abu Dabhi. Uma conquista dessa dimensão, em dezembro, é vista com muita expectativa pelo lutador, que assim como muitos outros desportistas, têm enfretado um ano de dificuldades e superação.

Por Ícaro Novaes

Interessados podem entrar em contato com o atleta através do (79) 99657-6647.
Comentários