Duarte denuncia falsos instrutores ao MP

0

O presidente da Federação Sergipana de Pugilismo – FSP -, Valter Duarte, manifestou sua preocupação com o crescimento de eventos esportivos clandestinos em Sergipe. Duarte disse que a Federação Sergipana de Pugilismo é a única entidade oficial do Estado que tem a capacidade plena e a devida autorização da Confederação Brasileira de Pugilismo – CBP -, para realizar campeonatos do boxe amador e profissional. Duarte denunciou as irregularidades ao Ministério Público para que as providências sejam tomadas o mais rápido possível, antes que pessoas tenham sua integridade física colocada em risco, por conta de mercenários que têm apenas um objetivo ‘o dinheiro’. “Esses falsos instrutores não estão capacitados para ministrar aulas de boxe amador ou profissional, tendo em vista que não possuem o devido conhecimento”, disse ele. A Federação enviou à CBP, documentos solicitando para o próximo mês de novembro, um curso para formar instrutores níveis 1 documentados, filiados e qualificados. O objetivo é formar professores em condições de ministrarem aulas seguras de boxe amador, excluindo assim, de uma vez por todas, os charlatões mercenários. Valter Duarte esclarece a sociedade sergipana, que o processo do desenvolvimento do boxe é lento, devido aos cuidados que devem ser tomados com a aplicação das técnicas teóricas, físicas, práticas e psicológicas, formando assim um atleta cidadão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais