Final do campeonato terá policiamento reforçado

0
(Foto: Arquivo Infonet)

A Polícia Militar, através do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), realizou nesta sexta-feira, 18, uma reunião com representantes das torcidas organizadas do Confiança e do Itabaiana. A ação teve como objetivo pontuar questões relacionadas à segurança que será empregada na partida final do Campeonato Sergipano.

O jogo acontece no domingo (20), às 16h, no estádio Batistão, em Aracaju. "Definimos algumas questões com o intuito de manter a segurança no local. Não será permitido que as torcidas entrem no estádio com roupas da torcida organizada, entretanto é permitido entrar com vestuário do próprio time. Não será permitido uso de rojões e nem de outros fogos de artifício. Além disso, o time vencedor deverá esperar que as pessoas do time perdedor saiam do estádio primeiro", destacou o capitão Gilberto Melo, chefe de operações do CPMC.

O policiamento nos terminais de integração da capital será reforçado antes e depois da partida. "Realizaremos revista antes do jogo em determinados ônibus para verificar se há torcedores e manter a tranquilidade no transporte público da capital. Foi ainda definido com as duas torcidas que é proibida a ingestão de bebida alcoólica nas dependências do estádio, bem como a comercialização do referido produto na área externa. É necessária uma distância de 500m do estádio para vender bebida alcoólica", pontuou o capitão Melo.

Quanto aos instrumentos musicais, ficou definido que apenas oito são permitidos para cada torcida. Tal listagem deve ser encaminhada à Federação Sergipana de Futebol. O tenente-coronel Jackson Santos do Nascimento, comandante do CPMC, também acompanhou a reunião com os representantes das torcidas.

Efetivo

Para reforçar o policiamento na partida final do Campeonato Sergipano de Futebol, a PM contará com homens e mulheres que atuam no Batalhão de Choque, Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), Grupamento Especial Tático de Motocicleta (Getam), Esquadrão de Polícia Montada (EPMon), Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp); policiais ligados diretamente ao CPMC, bem como os que atuam na Operação Visibilidade.

"Qualquer material que eles possam jogar da arquibancada para baixo e atingir alguém será proibido o acesso. Nosso objetivo é manter a segurança do público presente no local. Latas e garrafas, por exemplo, não entrarão no estádio", finalizou o capitão Melo.

Fonte: PM/SE

Comentários