Flamengo em Aracaju: esquema de segurança envolverá 400 PM’s

Cerca de 400 policiais militares estarão envolvidos no esquema de segurança para a partida entre Flamengo e Bangu, que acontece no dia 15 de fevereiro, em Aracaju. Os detalhes foram apresentados na manhã desta sexta-feira, 9, no Quartel do Comando Geral (QCG).

A Polícia Militar resolveu dividir as ações de policiamento em três fases distintas: o pré-jogo, condicionado a realização do policiamento no aeroporto, nos hotéis, no local de treino, na concentração da torcida e nos terminais de ônibus; O jogo propriamente dito, com a intensificação do policiamento interno e externo; e o pós-jogo, com a realização do escoamento do público, policiamento no entorno do estádio, patrulhamento nas vias principais e ocupação nos terminais de ônibus.

Um efetivo de cerca de 400 policiais militares será empregado no esquema de segurança que será executado nas áreas internas e externas do evento. As ações ostensivas serão realizadas por meio do policiamento a pé, como também, com a utilização de mais de 30 viaturas, 15 motocicletas, 15 cavalos e nove bases móveis.

“O plano especial de segurança entra em ação na quinta-feira, às 14h, e segue até o fim do escoamento do público, previsto para às 2h da madrugada de sexta-feira”, explicou o subcomandante do Policiamento Militar da Capital (CPMC), tenente-coronel Thiago Costa.

Trânsito e deslocamento

O planejamento estratégico também levou em consideração o possível impacto causado pela grande concentração de veículos e pessoas nas ruas e avenidas próximas à Arena Batistão. Nesse sentido, a Polícia Militar aconselha que os torcedores façam o deslocamento até o estádio utilizando o transporte público, com a finalidade de evitar congestionamentos no trânsito.

“A nossa missão é organizar o fluxo de veículos nas áreas que circundam o Estádio Lourival Batista. Para que isso seja possível, vamos interditar as ruas Cedro, Campo do Brito e Vila Cristina, como também, bloquear parcialmente o trânsito na Avenida Anísio Azevedo. A intenção é fazer o transito fluir normalmente pelas avenidas Augusto Maynard e Treze de Julho, de maneira que possamos reduzir possíveis transtornos e contribuir para que os torcedores possam circular de forma tranquila e segura”, afirmou o comandante do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), major Alysson Cruz.

A reunião também contou com a participação do Comandante-Geral da Corporação, coronel Alexsandro Ribeiro, do Comandante do Policiamento Militar da Capital, coronel George Melo, do Comandante do Policiamento Especializado, Flávio Arthur, entre outros oficiais de batalhões e unidades.

Com informações da PMSE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais