FSC realiza mais de 250 provas

0

Presidente Gilvan Costa
A Federação Sergipana de Ciclismo virou paixão na vida de Gilvan Costa. No comando da entidade há 11 anos, Costa aprendeu e reconhece o quanto é difícil promover o esporte amador em Sergipe. Mesmo assim, ele não desiste e durante esse período já promoveu mais de 250 provas em Sergipe.

Nesta entrevista a Infonet Esporte, Gilvan Costa abre o jogo e fala das principais dificuldades e os projetos para o futuro.

Infonet Esporte – Qual avaliação que você faz sobre o ciclismo sergipano?

Gilvan Costa –  Barroso procuro sempre fazer o melhor ou seja , colocar o nome do estado entre os melhores do Brasil: Este ano, fomos participar das copas Nordeste e Norte e Nordeste, onde Sergipe é o atual vice campeão do Nordeste e ficamos em 4º lugar do Norte Nordeste. Sem contar que nós temos o campeão Brasileiro de ciclismo de Pista de 2004, que é o Mancha (Marcos Vinicius).

Infonet Esporte – Na sua opinião, o que precisa melhorar para que o ciclismo sergipano seja destaque nacional?

Gilvan Costa – Os nossos empresários tem uma mente retrógrada e não ajudam nosso esporte amador. Poucos esportes têm alguma ajuda individual: Os demais continuam sobrevivendo graças a muita abnegação. O Governo vem ajudando na medida do possível e hoje nós contamos com um secretário que nos dá total apoio que é Gualter Prudente, mas ainda não é suficiente apesar da boa vontade. 

 

Infonet Esporte – Por que a maioria dos ciclistas sergipanos não fica no Estado?

Gilvan Costa – Isso tem muito a ver  mais uma vez com os nossos empresários, ou seja: a falta de patrocínio. Em compensação, os nossos atletas que estão em São Paulo ganham bem e contam com grandes patrocinadores.

Infonet Esporte – Por que o empresário não investe no esporte amador?

Gilvan Costa – Porque nunca foram atletas amadores, e não sabem das  dificuldades que eles passam para competir.

Infonet Esporte – Quais são os maiores nomes do ciclismo em Sergipe?

Gilvan Costa – Posso citar alguns ciclistas como Ramon Castro, que hoje está na Bélgica, mas não compete mais. Cristian Carvalho pentacampeão estadual e um dos maiores nomes de Sergipe nas copas, e sem duvida hoje é o Mancha (Marcos Vinicius)  de 22 anos e campeão Brasileiro 2004 de Velocidade , kerin e 200mts, além de campeão paulista 2004 de velocidade, e integrante da Seleção Brasileira de pista.  Ele já ganhou várias copas nordeste e norte nordeste, e por ultimo Nilton Soares nosso atual Bicampeão sergipano e  destaque em competições atuais  pelo nordeste norte nordeste, além de ser o 2º melhor ciclista do norte nordeste atualmente.

Infonet Esporte – Com retorno dos Jogos da Primavera, o senhor acredita que a tendência do esporte é crescer?
Gilvan Costa – Infelizmente os jogos deixaram de existir durante 10 anos, mas acredito que ano que vem se o ciclismo for incluído na competição, muitos talentos ocultos  irão aparecer, pois é nas escolas que surgiram os maiores nomes do esporte da atualidade.

 

Infonet Esporte – O nível do Campeonato Estadual tem melhorado nos últimos anos?

Gilvan Costa – Graças a nossa contribuição e com os abnegados como Renatão, Luiz Santana, nosso atual secretário Gualter Prudente e outros é que o nível técnico  teve uma melhorou e muito. A prova disso é que já atingimos mais de 52 ciclistas filiados e a tendência é que surjam novos talentos.

Infonet Esporte – Quais são as novidades para a temporada 2005?

 Gilvan Costa – A maior de todas será a XVIII COPA NORDESTE que acontecerá aqui em nosso estado mais precisamente nos dias 14 15 e 16 de julho. A competição contará com mais de 150 ciclistas da nossa região. Além disso, o Campeonato Estadual tem o inicio marcado para o dia 25 de janeiro.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais