FSF e Sefaz explicam falta de ingressos

0

A falta de ingressos na capital para o jogo entre Itabaiana e Sergipe, deixando os torcedores do time rubro sem direito a participar da promoção Gol da Sorte, criou uma certa celeuma entre os torcedores rubros, que se sentiram prejudicados. A explicação da mudança na metodologia foi dada ontem pelo coordenador da campanha, o gerente de Comunicação e Marketing da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Antonio Luis, ratificada pelo presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Carivaldo Souza.

Antonio Luis informou que pelo método original projetado pela Secretaria da Fazenda, quando o jogo era entre duas grandes equipes, o mandante do jogo recebia um percentual de 70%, enquanto o visitante recebia 30 por cento. Entre um grande e um pequeno, esses percentuais variavam para 90 e 10 por cento, respectivamente. “No entanto, os próprios clubes alegaram que estavam sendo prejudicados, pois muitos dos ingressos que ficavam na cidade do time visitante, não estavam sendo trocados e daí o mandante do jogo tinha prejuízo. Os dirigentes solicitaram a FSF, que a metodologia fosse modificada e assim foi feito, passando a ser como está sendo no momento. Todos os ingressos são levados para a cidade do mandante do jogo”, revelou o gerente da Sefaz.

Na última segunda-feira, dia 18, Antonio Luis admitiu que pode rever essa situação, principalmente quando o jogo for entre duas grandes equipes. “Nós estamos atendendo ao que foi solicitado pelos dirigentes de clubes, através da FSF, mas essa situação pode ser revista já para os próximos jogos, ou para os próximos clássicos”, disse Antonio Luis.
Ingressos Trocados

O interesse que o jogo desperta no torcedor fez com que os seis mil ingressos disponibilizados pela Sefaz fossem trocados em poucas horas. Na segunda, 18, pela manhã, não tinha mais nenhum ingresso na cidade de Itabaiana. Muitos foram parar nas mãos dos cambistas. “Não podemos evitar a ação do cambista, que hoje é no Brasil um segmento institucionalizado. O que nós fizemos foi reduzir o limite de ingresso para cada torcedor, saindo de cinco para três e no final da operação passamos a distribuir apenas dois ingressos por torcedor”, disse Antonio Luis.

Para o coordenador da campanha, o interesse do torcedor por essa partida é pelo fato de além de Sergipe e Itabaiana se constituir em um grande clássico do futebol sergipano, o sorteio do primeiro carro está atraindo muita gente para o estádio. “Mais de 100 mil ingressos depositados nas urnas desde o início da campanha estão concorrendo ao sorteio do veículo, nesta quinta-feira. Todos os participantes da campanha estão concorrendo ao grande prêmio”, lembrou Antonio Luis.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais