Guarani: presidente anuncia vices e tenta matar Oposição

0

Campinas, SP, 20 (AFI) – O presidente tri-rebaixado do Guarani, José Luiz Lourencetti, parece ser bem mais esperto (não quer dizer inteligente) do que parece. Mesmo com o time na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, com nove pontos, consegue manter a Oposição (liderada pelo extinto Conselho Gestor) quieta, inoperante e perto do fim. Este, aliás, é o objetivo de uma reunião que haverá entre as partes num local secreto nesta terça-feira.

A idéia da Situação, de Lourencetti, é apresentar um plano de trégua. No seu pacote está uma promessa de renúncia ao final do ano, desde que uma série de documentos e possíveis irregularidades levantadas pela Oposição sejam “congeladas”. Haveria, ainda, a disposição de deixar sob responsabilidade dos ex-membros do Conselho Gestor, uma reformulação no Estatuto Social do clube.

Por enquanto, a Oposição se mantém mobilizada, inclusive com a abertura de um comitê Pró-Guarani, situado na Avenida Norte-Sul. Além de contar com o apoio das torcidas organizadas, o grupo também mobilizou muitos conselheiros que exigem a marcação de uma reunião do Conselho Deliberativo para discutir o impeachement de Lourencetti.

Vices bem escolhidos
Criticado por ser rebaixado no Campeonato Paulista, na Copa Rio-São Paulo e ano passado no Campeonato Brasileiro, além de ser suspeito de inúmeras irregularidades, Lourencetti mostrou habilidade política na escolha dos dois novos vice-presidentes, que vão substituir Luís Alberto Ferrari e José Carlos Sicoli, que entregaram os cargos.

Os nomes foram confirmados à imprensa nesta segunda-feira. Um deles é Edison Torres, jovem empresário, de 35 anos, com ampla atuação na área do marketing esportivo. Além de ser culto, por falar quatro idiomas fluentemente, é bem relacionado e pode gerar recursos para o departamento de futebol. Outro é Eurides Coutinho, que em gestões anteriores, já teve participação no departamento social do clube. Ele tem ascensão no quadro associativo e também lidera um grupo numerosos de conselheiros.

Os dois terão seus nomes ratificados pelo Conselho Deliberativo, convocado pelo presidente José Luiz Lourencetti, para dia 11 de julho, em sessão extraordinária.

 


(Agência Futebol Interior)


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais