Há tempo para deixar o corpo mais bonito pro verão?

0

Aracajuanos lotam academias com proximidade do verão
O ano novo se aproxima e junto com ele vem a estação mais quente do ano. Para não fazer feio nas praias e festas típicas do verão, os aracajuanos que estão fora de forma lotam as academias da capital para queimar as calorias. Mas uma pergunta fica no ar: dois meses de exercícios realmente melhoram o corpo?

O diretor de uma grande academia de Aracaju, Marcos Silveira, fala que a ‘Operação Verão’ deve ser iniciada bem antes para que o resultado seja satisfatório. “O trabalho deve ser iniciado uns seis meses antes, porque esse é o espaço de tempo ideal para que a mudança apareça”, conta.

Marcos afirma que ainda dá tempo
Dá tempo, sim!

Mas para quem entrou há pouco tempo ou àqueles que estão pensando em entrar, nada de desespero. Segundo Marcos, a prática regular de atividades físicas por três meses já surte bons resultados. “Consegue dar uma modelada, as pessoas já notam diferença”, explica.

Para a educadora física Fernanda Amorim, que dá aulas de exercícios elaborados no modelo Body Systems, os atrasadinhos podem obter sucesso, mas realça a importância da vontade em se exercitar e continuar a prática após o verão.
“Se a pessoa vem por obrigação, por modinha, não dá certo. Tem que vir e continuar fazendo o ano inteiro”, aconselha.

Aulas de dança fazem sucesso
As atividades do programa Body Systems inclui o Body Kombat, Power Pump, RPM, Body Pump, Body Jam e Body Balance. O preferido dos alunos sergipanos é o Body Jump, no qual o praticante realiza exercícios sobre um trampolim. “Pode realizar todos esses trabalhos simultaneamente, basta ter vontade e fazer uma avaliação física”, diz.

Música e movimento

Outra alternativa prática e divertida para perder as gordurinhas é freqüentar as aulas de swing baiano. Há 15 anos na área, o professor Cadu fala que em 1h20 de dança é possível queimar 600 calorias, o que equivale a três fatias pizza. “As aulas aliadas à musculação e boa alimentação pode garantir, sim, um corpo mais bonito até o carnaval”, garante.

Fernanda acredita na vontade como maior aliada
As coreografias do axé proporcionam unificação dos músculos, trabalhando a região dos membros inferiores e superiores. “A desenvoltura da pessoa também melhora, ela fica mais solta para dançar e brincar nos shows”, frisa Cadu. “O importante é
antecipar o quanto antes”, lembra.

Alunos de verão

O diretor Silveira revela que 80% dos alunos que se matriculam na academia entre outubro e dezembro não seguem adiante no cotidiano de aeróbica e musculação. Mas já houve tempos nos quais o aracajuano já foi mais preguiçoso, segundo ele. “A vinda de pessoas de outros Estados para Aracaju disseminou muito o hábito da malhação no pessoal daqui. Os baianos botaram os sergipanos para malhar”.

Por Glauco Vinícius e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais