Handebol brasileiro está pronto para um salto de qualidade

0

O handebol brasileiro se prepara para dar um salto de qualidade. E tudo deve começar com a conquista de um pódio nos Jogos Olímpicos de Pequim. Pelo menos é assim que pensa o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira.

 

Na Assembléia Geral da entidade realizada em Aracaju, entre os dias 19 e 23 de fevereiro, no Del Mar Hotel durante três dias, 25 presidentes de federações a diretoria da entidade discutiram exaustivamente, os principais problemas da modalidade e traçaram um rumo para a temporada de 2008.

 

Ao final da reunião, os dirigentes presidentes de federações estaduais e a diretoria da entidade chegaram à conclusão que 2007 foi um ano excelente para a modalidade, pois foi coroado com a conquista das duas medalhas de ouro no Pan-Rio 2007. “Fomos abençoados pelos deuses do esporte, pois o handebol foi o único esporte coletivo a conquistar as duas medalhas de ouro no Pan-americano. Hoje o handebol é um esporte cem por cento ouro”, comemora o presidente Manoel Luiz Oliveira.

 

Mas além de comemorar a conquista dessas medalhas ficou definido na reunião, que o foco este ano é um pódio

     Manoel Luiz
em Pequim, nos Jogos Olímpicos. “Não sabemos ainda se será no masculino ou no feminino. A tendência é que seja no feminino. Não sabemos também se será de ouro, prata ou bronze. A verdade, porém é que estamos trabalhando para que o handebol consiga uma medalha olímpica em Pequim e se firme definitivamente como uma potência mundial”, informou o presidente da CBHb.

 

Mas o esporte tem outros motivos para comemorar.  Um deles é a evolução da arbitragem que passou a ter destaque mundial. “Tivemos um trabalho árduo em 2007 e a arbitragem brasileira passou a desfrutar de um destaque a nível mundial. Pela primeira vez, uma dupla brasileira participou de campeonatos mundiais e pela primeira vez também, a arbitragem do handebol estará representada em uma Olimpíada”, comemora Victor Martinez diretor de árbitros da entidade.

 

Um dos destaques do evento da CBHb foram as palestras do  procurador geral do STJD da CBF Paulo Shimitt. Ele falou sobre a Legislação esportiva e abordou temas importantes como a Lei de incentivos Fiscais no Esporte.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais