Itabaiana é absolvido e Confiança ainda não é campeão

0

A Primeira Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva, da Federação Sergipana de Futebol, se reuniu na noite de ontem e absolveu o Itabaiana e os jogadores Tácio, Emerson, Fabiano e Clayton que se envolveram em uma confusão no jogo contra o Confiança, no estádio Presidente Médici. Foram três votos a favor e dois contra. O resultado deixou revoltada a torcida proletária, que compareceu em grande número na Federação Sergipana de Futebol.  Com o resultado do julgamento, o Dragão terá que fazer uma partida extra contra o Sergipe para saber quem será o campeão estadual.

Dirigentes, torcedores, advogados e interessados no resultado da partida lotaram as dependência do Auditório Deocleciano Ramos, sala de audiência do TJD. O bacharel Lézio Lopes da Rocha foi o relator do processo. A Primeira Comissão Disciplinar tem como auditores os advogados Francisco José dos Santos, Samuel Pedro Daud e Alexandre Maciel de Santana. Jailson Francisco dos Santos é o presidente da Comissão, enquanto José Carlos Nogueira foi o relator do processo.

A defesa do Itabaiana foi representada pelo advogado Genisson Silva tendo como assistente, a advogada Ana Terra.

Lézio Lopes abriu a sessão informando inicialmente que iriam a julgamento os atletas indiciados. Genisson Silva solicitou vistas ao processo e lhe foi dado o prazo de 10 minutos. Ao fazer a sua apresentação, Genisson Silva argüiu a nulidade da intervenção de terceiros e, dessa forma, o Confiança não podia participar do julgamento. Colocada em votação, a tese de Genisson Silva foi vencedora e o time proletário foi proibido de participar como assistente da procuradoria.

Dessa forma entraria em julgamento a peça acusatória do procurador José Carlos Nogueira. Lézio Lopes leu todo o processo, incluindo súmula, relatório do representante e o despacho do procurando, indiciando os atletas serranos e a equipe da Olímpica de Itabaiana.

O médico do Itabaiana Jimmy Rocha prestou seus esclarecimentos como médico do clube e testemunha importante nos acontecimentos. Jimmy foi sabatinado pelo procurador e pelos auditores da Comissão Disciplinar.

Estiveram presentes no TJD da FSF, o presidente da Confiança, Milton Dantas, a advogada do time proletário, Cássia Freire, o presidente do Itabaiana, Amilton Gomes, torcedores do tricolor, desportistas e interessados no resultado do julgamento,que teve cobertura completa da imprensa esportiva

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais