Jogos da Primavera, lei vai garantir evento todos os anos

0

Entusiasmado com o sucesso dos XXI Jogos da Primavera, encerrados na noite da ultima terça-feira com uma grande festa no lotado Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, o governador João Alves Filho ao final da solenidade deu uma boa notícia para todos, que estão envolvidos com a competição e compromissados com o sucesso do evento.  Além de garantir desde já, a realização dos XXII Jogos da Primavera, para o mês de setembro do próximo ano, João Alves Filho informou, que vai encaminhar à Assembléia Legislativa, um projeto de lei, transformando em definitiva e seqüencial, a realização anual “deste evento, que é a maior festa da juventude sergipana”, disse João Alves.

Assim como aconteceu na abertura do evento no dia 13 de novembro, o governador João Alves Filho, secretários de estado e algumas autoridades, prestigiaram a solenidade de encerramento da competição. O governador fez questão de ficar do início ao fim da solenidade, concedeu várias entrevistas, conversou com atletas, professores e dirigentes de colégio, participou da solenidade de premiação e por diversas vezes, teve que interromper seus discursos e entrevistas, devido aos aplausos e manifestação de apoio, recebidos das mais de seis mil pessoas, presentes ao Ginásio Constâncio Vieira.

Essa manifestação popular deixou o governador João Alves Filho entusiasmado, motivado e envolvido pelo clima de festa e alegria criado  pelos presentes. “Este é o dia mais feliz do meu governo. Hoje eu posso dizer que além de cumprir um dos meus compromissos de campanha, que foi o retorno dos Jogos da Primavera, quero dizer, que para o próximo ano, já está garantida com muito mais festa e alegria, a realização dos XXII Jogos da Primavera. E esta noticia é de primeira mão para todos vocês. No próximo mês estarei encaminhando à Assembléia Legislativa um projeto, transformando em lei estadual, a realização anual dos Jogos da Primavera”, disse o governador João Alves Filho, sob os aplausos dos presentes.

Segundo o governador João Alves Filho, com os Jogos transformados em lei, deixará de existir aquela preocupação de alunos, pais e professores, para saber se este ou aquele ano, vai haver ou não, a competição. “Com isso, queremos evitar que haja intervalos de nove anos, como houve desta vez. O governador da época será obrigado por lei, a disponibilizar toda estrutura para que os Jogos não sofram solução de continuidade”, concluiu o governador.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais