Julgamento do Campeonato 2000 é adiado

0

Não foi desta vez que aconteceu o julgamento do Campeonato Sergipano de 2000. A questão não chegou a ser apreciada pelo Tribunal de Justiça da Federação Sergipana de Futebol, em virtude de não ter havido quorum. A assessora jurídica do Confiança, Márcia Brazil, aguardou trinta minutos após o horário previsto para o inicio do julgamento e solicitou o seu adiamento para uma nova data, que acontecerá no dia 20 de janeiro. Segundo Márcia Brasil, o processo consta de uma denuncia feita pela federação contra o Confiança, por não ter comparecido no jogo contra o Sergipe, no Estádio Presidente Médici, durante o Estadual de 2000. Na decisão anterior, a comissão disciplinar acatou a denuncia do procurador por três votos a dois. Caso os auditores confirmem o resultado, o Confiança irá recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça da Confederação Brasileira de Futebol. Márcia Brazil disse que o melhor que a federação poderia fazer é dividir o titulo para Sergipe e Confiança, uma vez que as duas equipes já não têm os mesmos jogadores que disputaram o titulo de 2000. Entretanto, ela afirmou que na condição de advogada vai procurar defender os interesses de seu cliente, no caso o “Time Proletário”. A assessora jurídica revelou que o adiamento foi a melhor coisa que poderia acontecer. Primeiro porque está saindo de férias a partir de hoje e segundo que o julgamento deveria ter sido realizado em outras datas e não na antevéspera de natal, onde geralmente as pessoas viajam para rever parentes e amigos e não estão preocupadas com futebol. Neste ano, o presidente licenciado Célio França tentou várias vezes a marcação desse julgamento, no entanto depois da sua saída, o TJD resolveu colocar em pauta. Na época, França fez campanha através da imprensa, mas não logrou êxito.

Comentários