Lançada nova versão do “Gol da Sorte”

0

Comentário de Raniel de Jesus
O jogo realizado nesta domingo no estádio Lourival Batista entre Sergipe e Confiança marcou o reinício do “Gol da Sorte”. Trata-se do projeto idealizado pelo saudoso Rubens Chaves, tendo em vista contribuir para o soerguimento do futebol sergipano, e, ao mesmo tempo melhorar a arrecadação estadual. A idéia se mostrou tão eficaz que chegou a ser copiada por outros estados e por aqui nada de “Gol da Sorte”. As cobranças começaram a surgir visando a sua retomada. Pressão daqui… Pressão dali…,  está aí, retorno garantido, agora só resta tomar como exemplo os acontecimentos do passado para que não se cometa os mesmos erros causando mais uma vez a extinção do programa.

Na época em que foi sugerido, o então Governador João Aves Filho adotou a idéia e a implementou. No primeiro momento os objetivos foram alcançados, no entanto, outros interesses causaram a falência do benefício, deixando frustrados os desportistas que um dia sonharam com o fortalecimento do futebol no Estado de Sergipe.

Com o “Gol da Sorte” a festa é garantida. Estádios cheios, sorteios, atletas motivados, clubes cumprindo com suas obrigações, fortalecimento da economia informal, melhoria na arrecadação do estado, grande movimentação no comércio local, ou seja, uma verdadeira manifestação popular. Com isso, o futebol só tem a ganhar.    

Mas, o jogo realizado entre as duas maiores forças do nosso futebol também foi válido pelo atual campeonato e outra vez a torcida do Confiança viu seu time sofrer uma derrota, apesar de ter feito uma boa partida, o “Dragão do Bairro” acabou recebendo um gol no apagar das luzes, deixando o time proletário ainda mais distante da frente da tabela, e pior, mantendo-o na zona de rebaixamento.

  

Por: Raniel de Jesus Pereira
 
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais