Luizão pode ser a surpresa do Corinthians

0

O atacante Luizão se reúne na segunda-feira de manhã com o presidente do Grupo Media Sports Investment, Kia Joorabchian, para discutir um contrato de três anos. Preocupado em evitar o assédio da imprensa na sede do grupo, na Zona Sul de São Paulo, o executivo do MSI pediu sigilo absoluto sobre o encontro.

Luizão, principal opção para o clube caso a transferência do atacante Vágner Love não se concretize, negocia perdoar a ação que tem na Justiça por um acordo favorável na sua volta ao clube.


Ele abriria mão do que cobra pela rescisão de seu contrato, em 2002, em troca de luvas.


Luizão, que defendeu o Corinthians de 99 a 2002 e ganhou a torcida com gols e socos no peito nas comemorações, saiu brigado com a diretoria na ocasião. Conseguiu caracterizar que o atraso em direitos de imagem configurava atraso salarial e, com isso, obteve a rescisão para se transferir para o Grêmio.


A ação corre na Justiça desde então e Luizão já obteve pareceres favoráveis. Parte do Parque São Jorge foi penhorada como garantia para o pagamento.


A negociação pela sua volta começou em conversas com o presidente do clube Alberto Dualib, que encaminhou o caso para Kia Joorabchian. Dualib é um dos principais defensores do acordo.


Após o Grêmio, em outra transferência polêmica em 2002, Luizão foi para o Hertha Berlim (ALE). No final do ano passado, ele trocou a equipe alemã pelo Botafogo, onde, após começar bem o Campeonato Brasileiro, torceu o joelho direito. Acabou liberado e passou a utilizar o Reffis, centro de reabilitação do São Paulo, para se recuperar.


Dispensas

O gerente Paulo Angioni anunciou nesta sexta-feira que, assim como o atacante Alessandro, o lateral Filipe Alvim e o zagueiro Marcelo Oliveira estão “liberados”.


“Liberamos o Marcelo Oliveira porque o Marquinhos e o Marcus Vinícius estão voltando. Já avisei ele e parece que ele já acertou com o Grêmio”, afirmou Angioni.


Já Filipe Alvim, que defendeu o Corinthians por empréstimo, volta ao Acadêmica de Coimbra, de Portugal.


Com isso, as únicas negociações pendentes são pelo meia Fábio Baiano e do goleiro Rubinho, cujo contrato acaba em janeiro.


“A negociação pelo Fábio não evoluiu, ainda estamos negociando. Quanto ao Rubinho, estou esperando ele retornar de férias”, disse Angioni.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais