MP pede melhorias no João Hora e não descarta interdição do estádio

0

Estádio João Hora de Oliveira
Em audiência que ocorreu na manhã desta quinta-feira, 24, no Ministério Público Estadual (MPE) com a presença de promotores, representantes da polícia e de entidades esportivas, ficou acertado que o Estado João Hora de Oliveira deverá passar por algumas melhorias para que ocorra o jogo entre Sergipe e Itabaiana do próximo domingo, 27. A audiência foi motivada por denúncias da Polícia Militar que tem observado diversos problemas na estrutura do estádio que podem prejudicar a segurança dos torcedores. 

A PM, tendo à frente o Tenente Coronel Jackson, elaborou e apresentou ao MPE um relatório em que constam fotos e relatos das péssimas condições do estádio. “O intuito é tão somente oferecer segurança e tranqüilidade para o torcedor”. 

Segundo o tenente, por conta da precariedade do local, nos dias de jogos no João Hora é necessário um grande efetivo de policias para manter a segurança, sendo que medidas simples
Audiência contou com a participação de promotores, representantes esportivos e da Polícia Militar
poderiam contornar essa situação. Um dos problemas mais graves apontados foi a presença de entulhos, paralelepípedos soltos, pedras e outros objetos que podem servir de armas. 

Do ponto de vista emergencial o MPE determinou, entre outras coisas, a limpeza do estádio, isolamento da área para a torcida visitante, espaço reservado para vendedores ambulantes e disponibilização de bilheterias diferenciadas para as torcidas. Caso as medidas não sejam tomadas o Clube Esportivo Sergipe será multado em R$ 10 mil por cada item descumprido.

O promotor Sandro Luís Costa, da Promotoria de Meio Ambiente, destacou ainda que se essas melhorias não ocorrerem o jogo deverá ser suspenso e o estádio interditado. No entanto, o presidente do Sergipe, Motinha, se comprometeu, enquanto responsável pelo estádio, a promover as mudanças necessárias para a realização da partida.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais