Ônibus com torcedores é apedrejado

0

Marco e os filhos: revolta
Após o jogo entre Sergipe e América, que terminou empatado, torcedores colorados abordaram um ônibus que transportava a torcida que veio de Propriá e começaram a arremessar pedras. Adultos e crianças que estavam dentro do veículo foram atingidos por pedaços de vidros das janelas que foram quebradas. Um homem que passava pelo lugar precisou de atendimento do SAMU.

Segundo Marco Rolemberg, ex-diretor do América que estava no ônibus, não houve qualquer tipo de provocação do público que veio de Propriá. Segundo ele, todos os passageiros foram

Cidadão passava pela avenida e foi atingido
surpreendidos pelo ataque. “Meus filhos foram atingidos, minha menina está chorando. Trouxe eles para ensiná-los a serem  torcedores desde pequeno, mas assim não dá”, lamenta.

Alguns minutos após a chegada da equipe de jornalismo do Portal Infonet ao local da confusão (uma movimentada rua do bairro São José), três viaturas policiais chegaram ao local e tentaram manter a ordem. Alguns suspeitos foram detidos. “Toda vez que o torcedor de Propriá vem a Aracaju acontece isso, parece só ter vândalo nessa torcida do Sergipe”, conta um dos passageiros.

(Clique para ampliar / Fotos: Portal Infonet)

O homem atingido por uma pedra, chamado Leídio, foi socorrido por uma equipe da SAMU, que rapidamente chegou ao lugar. Segundo uma amiga que o acompanhava, a vítima levava um bolo e um refrigerante para uma comemoração em casa quando acabou sendo atingido pela confusão.

Briga entre torcidas

Há exatamente duas semanas, quando o Confiança jogou no Batistão contra o próprio América, um torcedor do Dragão foi morto em uma briga entre torcidas organizadas do mesmo time com uma pedra na cabeça.

No Brasil, o Ministério dos Esportes estima que quase 40 torcedores foram mortos em estádios entre 2003 e 2008. 

Por Glauco Vinícius e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais