Palmeiras vai à Fifa para ser campeão mundial

0

O Palmeiras elaborou um dossiê e enviou à Fifa com o pedido para que a Copa Rio, torneio internacional conquistado em 1951, seja considerado o 1º Campeonato Mundial de Clubes.

O documento já está nas mãos do presidente da Fifa, Joseph Blatter. Foi entregue pessoalmente pelo ex-presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, quando este esteve em Zurique, Suíça, entre 17 e 20 de dezembro de 2004. Mustafá é um dos representantes dos clubes na entidade.


Blatter informou a Mustafá que o próximo passo é enviar a documentação aos outros 24 membros do Comitê Executivo (entre eles Ricardo Teixeira, presidente da CBF). O Palmeiras pretende mandar uma comitiva à Europa em março, quando haverá uma reunião do grupo.


“Pretendemos convidar um representante da Federação Paulista, um da CBF e outro da Conmebol. Também pensamos em chamar o João Havelange (ex-presidente da Fifa)”, avisou Roberto Vicente Frizzo, conselheiro palmeirense que coordenou o projeto.


Além do dossiê, será entregue uma fita de vídeo com detalhes de como foi produzido o documento, que conta com viagem aos seis países dos participantes estrangeiros e entrevistas com jogadores da época de Palmeiras, Sporting (Portugal), Estrela Vermelha (Iugoslávia), Olimpique de Nice (França), Juventus (Itália) e Austria Viena (Áustria).


O principal argumento apresentado no texto, produzido como tese acadêmica, é a presença na competição do então secretário-geral da Fifa, o italiano Ottorino Barassi. “Ele (Barassi) foi o representante do presidente Jules Rimet, inclusive entregando a taça ao campeão”, comentou Frizzo. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais