Pescadores velejam com grandes esportistas na França

0

O Pirata Brasil Produções, de 10 a 16 de julho, leva o Brasil a assumir pela primeira vez posição de destaque em Brest 2004, maior festival náutico do mundo que acontece na cidade de Brest, região da Bretanha, na França. Na equipe, destaque para o grupo de 17 pescadores, de Itapipoca e Amontada, interior do Ceará, que realizarão regatas diárias de jangadas, fabricadas especialmente para o evento. Eles irão interagir com os principais nomes da vela mundial, como Ellen McArthur, Florence Arthaud, Bruno Pyron, Lionel Pean, Bruno Trouble, Philip Poupon, Magnas Olsen e Olivier De Kersauson. Para isso, receberam aulas de técnicas náuticas, de história e língua francesa, de geografia e até mesmo de etiqueta. Brest 2004 O festival Brest 2004, em sua 4ª edição, irá reunir 2 milhões de visitantes, 20 mil marujos e 3 mil barcos à vela, dentre relíquias históricas, vindos de diversos lugares do mundo. O pescador e a jangada serão os principais ícones da participação brasileira. O Brasil leva também, pela primeira vez, para a Europa, a exposição Mucuripe, de Chico Albuquerque, que ficará 2 meses percorrendo os principais museus náuticos da França. Haverá ainda a mostra Mar de Luz, fruto da parceria dos fotógrafos cearenses Celso Oliveira, Gentil Barreira, Tibico Brasil e Tiago Santana (este último também será responsável pelo making of fotográfico do festival). O artista plástico Audifax Rios também está no grupo Pirata apresentando sua obra “Louvação do Jangadeiro”, composta de 15 peças, com um poema e ilustrações. Entretenimento – A Banda do Pirata apresentará muita música brasileira, com sotaque nordestino, em um espaço chamado Pirata Brasil. Integram a comitiva brasileira também o percussionista Rossano Cavalcante, o sanfoneiro Dorgival Dantas, o “repentista galopado” Arnaldo Farias, além de Ana Virgínia e Tarcísio Sardinha com sua guitarra baiana, que prometem apresentar muita Bossa Nova. No palco principal do festival, a Banda do Pirata abre o show do ministro da cultura, Gilberto Gil, no dia em que se comemora a Queda da Bastilha, no dia 14 de julho. Para os organizadores do projeto Brasil Brest 2004, esta é uma excelente oportunidade para reforçar o país como destino turístico, consolidando sua imagem no exterior. Pirata O Pirata é conhecido por promover a segunda-feira mais louca do mundo, de acordo com o jornal New York Times, em Fortaleza, Ceará, através do melhor da música brasileira que atrai milhões de turistas de diversos pontos do globo terrestre há quase 18 anos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais