PM e FSF vistoriam estádios da capital

0

Custódio Santana esteve presente na vistoria
A comissão de vistoria da Federação Sergipana de Futebol (FSF) e a Polícia Militar deram continuidade ontem às inspeções aos estádios que vão servir de palco para os jogos do campeonato sergipano de futebol.

Desta vez, as equipes técnicas da FSF e da PM realizaram a vistoria nos estádios Sabino Ribeiro, da Associação Desportiva Confiança; João Hora de Oliveira, do Club Sportivo Sergipe; e no Lourival Batista, o Batistão.

No quesito segurança, o tenente Aristóteles Borges fez uma série de observações ao estádio Sabino Ribeiro. Segundo o oficial, há apenas um único acesso para o público, não existem arquibancadas para comportar duas torcidas adversárias, apenas dois banheiros foram construídos no estádio para receber homens e mulheres das diferentes torcidas, a separação entre torcedor e gramado é feita por um frágil alambrado de 1,90 m e o acesso de árbitros e jogadores se dá por entre os torcedores. “Caso o presidente do Confiança pretenda realizar alguns dos seus jogos no estádio, serão necessárias algumas reformas”, explica o tenente. 

No entanto, na semana passada, o gerente de futebol do clube proletário, Milton Dantas, anunciou que todos os jogos do Confiança no estadual serão disputados no Lourival Batista, a exemplo da estréia contra o América de Propriá, que acontece no próximo dia 13 de fevereiro.

Já no estádio João Hora, do Club Sportivo Sergipe, as observações foram poucas. Segundo o oficial da PM, foram observados a separação entre torcedores e gramado, feita por um alambrado de um 1,70 m, o número de banheiros também não é suficiente, e a exemplo do Sabino Ribeiro, o acesso ao gramado é feito entre os torcedores. “São detalhes de relevância, mas que poderão ser corrigidos com facilidade”, comenta o tenente Aristóteles.

Diferentemente do Dragão do Bairro Industrial, o Sergipe disputará algumas de suas partidas, as que o clube tiver o mando de campo, no João Hora, a fim de evitar prejuízos nos jogos disputados no Batistão.

Na visita ao Batistão, o diretor-financeiro da FSF, Custódio Santana, explicou no final da tarde de ontem, no programa radiofônico Polícia e Comunidade, que as reformas feitas pela Secretaria da Juventude e do Esporte foram suficientes para contemplar jogadores, trio de arbitragem, cronistas esportivos e, principalmente, os torcedores, que comparecerão ao estádio para prestigiar os clássicos do futebol sergipano. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais