Professores foram treinados no DF para identificar talentos esportivos

0

O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz participou em Brasília, da abertura do Seminário Internacional de Descoberta do Talento Esportivo. O evento teve como objetivo capacitar, durante dois dias, mais de 100 professores de universidades de Educação Física do Brasil, que irão atuar como multiplicadores da aprendizagem, junto aos professores das escolas públicas do país, no programa “Descoberta do Talento Esportivo”. Sergipe foi representado no evento pelos professores Carlos Roberto Silva e Lucas de Matos Brito, ambos da Universidade Federal de Sergipe. Esses dois profissionais de Educação Física, serão os responsáveis em Aracaju, pela formação dos professores, que estarão participando do trabalho de avaliação dos jovens atletas, durante o Dia Nacional da Descoberta de Talento e de todo o trabalho, que será desenvolvido durante o mês de setembro. O programa “Descoberta do Talento Esportivo” acontece, este ano, em duas ações nacionais, promovidas pelo Ministério do Esporte. São elas: “O Dia da Descoberta do Talento Esportivo”, dia 05 de setembro, nas capitais brasileiras e a “Descoberta do Talento Esportivo Escolar”, durante todo o mês de setembro, nas escolas dos ensinos fundamental e médio. O “Descoberta de Talentos Esportivos” é a primeira etapa do projeto Pódio, do Ministério do Esporte e tem como meta, o aumento do número de atletas de alto rendimento para as seleções nacionais. A segunda etapa é a de continuidade ao programa com o desenvolvimento desses talentos. Essa política de detecção será permanente a cada ano, e reforçada com a criação de cinco centros regionais de alto rendimento – CENESP. A inauguração do primeiro Centro de Alto Rendimento da Região Norte será na Vila Olímpica, em Manaus. Professores de Educação Física aprovam iniciativa do Ministério – “Estamos prestes a realizar o grande sonho de ter a Educação Física unida para realizar um importante projeto em benefício dos estudantes brasileiros”, declarou emocionado, Adroaldo Gaya, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A universidade é a primeira a desenvolver o método que segue o modelo australiano do professor Jason Gubin. Além de Gaya, foram palestrantes no Seminário de Capacitação da Descoberta de Talentos Esportivos, os professores portugueses, Isabel Mesquita e Amâncio Graça, da Universidade do Porto. “Pelo esporte somos capazes de superar todos os obstáculos”, afirmou Isabel elogiando a determinação dos profissionais da Educação Física em participar do projeto de detecção e incentivo aos estudantes.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais