Real Moitense e Itabaiana decidem o 2º turno

0

As cidades de Moita Bonita e Itabaiana estão separadas por pouco menos de 15 quilômetros, mas a rivalidade de suas equipes no futsal já ultrapassa uma distância inimaginável no cenário do esporte sergipano. Em apenas quatros meses de competição, o duelo protagonizado por Real Moitense e Itabaiana já virou rotina no campeonato estadual. Foi assim na decisão do 1º turno e será assim na final do returno, marcado para esta terça-feira, 30, no ginásio Albano Franco, em Moita Bonita.

Para avançar à final o Real Moitense eliminou o Eldorado de Umbaúba. No primeiro jogo da semifinal, os moitenses foram surpreendidos em casa, perdendo por 3 a 2. No jogo de volta a história foi totalmente diferente. Vitória espetacular por 7 a 1 sobre o Eldorado.

                    

O passaporte do Itabaiana para chegar a final foi conquistado com mais tranqüilidade. Duas vitórias sobre Capela, uma de 3 a 0 e outra por 3 a 1 credenciaram o tricolor para disputar mais uma final. Os alas Tarcisio, e Camarão, além do pivô Naldinho foram os responsáveis pela classificação.

Quando as equipes entrarem em quadra nesta terça-feira, além da rivalidade das cidades vizinhas, outra disputa, dessa vez fora das quatro linhas vai chamar atenção. Trata-se dos técnicos Osvaldo Mendonça e Wilson Mendonça (Galego). Os dois são os principais profissionais do futsal sergipano, e nos últimos anos vem protagonizando incríveis disputas por títulos estaduais.

Para o técnico Galego o clima desse jogo terá um sentimento de revanche para o Itabaiana. “Perdemos na final do 1º turno por uma infelicidade, mas na decisão do returno temos a obrigação de vencer, senão daremos adeus ao título estadual”, falou o treinador.

Já Osvaldo Mendonça prefere não polemizar. Ele prevê uma grande partida e espera que o Real Moitense vença o returno para evitar mais outros dois jogos contra o rival. “A idéia é garantir uma vitória logo nesta terça-feira e quem sabe conquistar o tetracampeonato na casa do Itabaiana”, diz Osvaldo.

Para levantar o caneco o tricolor terá que quebrar uma hegemonia de mais de quatro anos do Real Moitense. Nesse período, o clube moitense detém a supremacia do futsal sergipano. O Real conquistou o tricampeonato sergipano (2004, 2005, 2006), a Copa Tv Sergipe (2006), a Liga Nordeste (2005) e também figurou entre as quatro melhores equipes do Brasil na Superliga disputada há dois anos.

Sub-20

Pelo Campeonato Sergipano, categoria sub-20, a equipe da Sulgipe de Estância, venceu o time de Simão Dias por 4 a 2 e sagrou-se campeã neste sábado. O título inédito credencia o clube estanciano a participar no próximo ano do campeonato brasileiro com as principais equipes do Brasil.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais