Renascer lança projeto esportivo no Cenam

0

A idéia do projeto é a implementação de oficinas esportivas dentro do Cenam com os jovens internos objetivando oportunizar o desenvolvimento físico, psíquico e a construção da autonomia através das atividades esportivas. O que os responsáveis acreditam que venha a possibilitar uma melhor aquisição dos múltiplos conhecimentos a respeito do corpo e do movimento.

Segundo a presidente da Fundação Renascer, Josilda Alice da Graça Monteiro, as atividades visam otimizar o processo sócio-educacional voltado à socialização dos internos, que também estariam inclusas na proposta pedagógica daquela unidade.
Os próprios jovens internados no Cenam foram os maiores responsáveis pelo surgimento do Projeto Esporte Total. A idéia partiu após a realização de uma pesquisa interna, onde os participantes reivindicaram o aumento de atividades ocupacionais para melhorar o nível do relacionamento com os outros internos e também com os próprios educadores do centro de menores.

No lançamento várias autoridades estiveram presentes e ficaram satisfeitas com a aceitação dos jovens em relação à proposta do projeto. A própria secretária de Estado do Combate à Pobreza, Selma Mesquita esteve presente na solenidade e disse que essa é uma das medidas marcantes do governador João Alves Filho. Enfatizando ainda que várias outras medidas sejam no âmbito social ou esportivo serão direcionadas aos jovens, principalmente os que se encontram em situação de risco social, para que estes possam ter um futuro ainda melhor em Sergipe.
O Projeto Esporte Total será formado inicialmente por oficinas nas áreas de voleibol, futsal, handebol e judô. O coordenador do projeto, professor Antônio Hora Filho, destaca a adequação do projeto ao Estatuto da Criança e do Adolescente que garante aos jovens privados de liberdade o direito a realizar atividades esportivas, culturais e de lazer. Por esta razão, a Fundação Renascer que é o órgão estadual responsável pela política de assistência à criança e ao adolescente decidiu diversificar as atividades oferecidas como meio de incentivar ainda mais a participação dos internos nos eventos sócio-pedagógicos realizados no Cenam.
De acordo com o diretor do Cenam, Gilton Melo, outros projetos também serão lançados nos próximos meses, dentre os quais destacam-se “Letras e Acordes” e “Serigrafia”.

O diretor acredita que além da melhora da auto-estima dos jovens, as atividades propostas venham também resolver um outro problema daquele centro, que é a evasão dos menores. Já que concorda que a ociosidade seja a maior responsável pela elaboração dos planos de fuga.

A essência do Projeto Esporte Total
Mesmo com algumas atividades esportivas já tendo sido desenvolvidas dentro do Centro de Atendimento ao Menor, o coordenador do Projeto Esporte Total, Antônio Hora Filho, reconheceu a necessidade de se fortalecer esta prática, entendendo que o projeto vem efetivamente aumentar as possibilidades de participação dos jovens em atividades prazerosas.

A partir de agora os internos terão um cronograma de atividades diárias, incluindo sábados e domingos, onde todos os jovens passarão a participar de todas as oficinas esportivas. Essa medida visa diminuir o tempo livre dos participantes melhorando o desempenho dos envolvidos. Além das oficinas que fazem parte da grade de atividades educacionais do programa desenvolvido, Antônio Hora explicou que, outras ações também constam no Esporte Total. Estas por sua vez, farão parte de eventos paralelos voltados ao lazer dos internos, com a participação de convidados e personalidades esportivas do estado. “A nossa intenção é paulatinamente reinserir os jovens internos nos movimentos esportivos da sociedade”, finalizou Hora, enaltecendo a utilização do lúdico como instrumento sócio-educacional. 

As oficinas estão sendo ministradas por professores de educação física que passaram por um período de treinamento e capacitação, realizado pela própria Fundação Renascer, visando a preparação destes profissionais para o atendimento a uma clientela específica que se encontra privada de liberdade.

Aida Santana, diretora operacional da Fundação Renascer, declarou que o principal objetivo da política desenvolvida pelo governo do estado voltado ao Centro de Atendimento ao Menor é justamente oportunizar aos jovens internos, uma melhor integração, socialização e inserção social. Que será atingida através das medidas sócio-educativas que a Fundação Renascer vem realizando junto aos jovens que cumprem medidas em privação de liberdade.

Desde o início da sua gestão, há cerca de dois anos, a presidente Josilda Monteiro afirma ter feito um estudo minucioso da problemática do Cenam por entender que aquela unidade necessitava de uma atenção especial, devido ao atendimento a jovens que acabam ficando privados da liberdade, naquela que deveria ser a melhor fase da vida. Josilda entende que as conseqüências deste processo de falta de liberdade causam danos gravíssimos aos internos, que muitas vezes traduzem a sua revolta, comprometendo o seu próprio desenvolvimento enquanto cidadão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais