Rodrigo Lama disputará 6ª Etapa do Campeonato Brasileiro

0

(Foto: Ascom Semel)

Nos dias 21e 22 de julho, o atleta bolsista da Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), Rodrigo Lama, disputará a 6ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross que acontecerá no Motódromo Jurinha Lobão, na capital sergipana. “Passei um período doente, mas agora estou me recuperando e  de volta aos treinos”, disse o motociclista.

Segundo ele, a expectativa para essa competição é muito boa porque os treinamentos  têm sido planejados. “Além dos treinos com a moto também trabalho a parte física na academia. Com a participação dos melhores motociclistas em atividade no Brasil, a 6ª Etapa do Brasileirão aqui em Aracaju será  uma corrida muito difícil”, explicou Lama.

“Mesmo assim, espero chegar entre os primeiros, porque em relação ao ano passado quando fiquei na terceira colocação, estou com uma moto nova e mais veloz. Esse novo equipamento é  preparado e adaptado ao meu ritmo”, salientou, ressaltando que este ano já conquistou a 4ª colocação no Brasileiro.

De acordo com o presidente da Federação Sergipana de motociclismo, Juvenal Alves, mais uma vez, Aracaju vai sediar outra etapa do Brasileiro de MotoCross e contará com a participação de pilotos de todo o Brasil. “Em 2011, foram 187 motociclistas, disputando o campeonato numa pista de 1300 metros, nas categorias MX3, 65cc, 230cc, MX2, MX4, 85cc e MX1. Com certeza, agora não será diferente”, destacou, convocando o público sergipano a comparecer em massa ao Circuito Jurinha Lobão, na orla de Atalaia, e prestigiar a competição.

O secretário Antônio Hora  disse que a realização da 6ª etapa do Campeonato Brasileiro de MotoCross consolida a cidade de Aracaju no calendário oficial da competição, uma vez que será o segundo ano consecutivo. “Para nosso principal atleta , Rodrigo Lama, é uma oportunidade de mostrar aos aracajuanos todo seu desempenho, inclusive aumentando suas reais chances de vitória, por estar competindo em casa”, afirmou.

“Segundo o pai de Rodrigo, a criação do Programa Bolsa- Atleta Aracaju foi o principal fator na manutenção do motociclista continuar competindo, pois o mesmo já se encontrava desestimulado e sua inclusão no Bolsa -Atleta o fez motivar novamente”, finalizou Hora.

Fonte: Ascom Semel

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais