Seleção Brasileira sub-20 termina líder na primeira fase

0

RIO DE JANEIRO – A Seleção Brasileira terminou a primeira fase do Sul-Americano sub-20 na liderança do Grupo B, ao empatar por 0 x 0 com o Uruguai, neste sábado, em Pereira-COL. O Brasil teve uma grande chance para vencer o jogo, mas Rafael Sobis perdeu um pênalti.
Além de garantir vaga no hexagonal final da competição, os brasileiros conseguiram o que queriam: enfrentarão a arqui-rival Argentina somente na última partida da fase final. O Brasil ficou em primeiro lugar no grupo, com oito pontos. O Chile, que goleou o Equador por 5 x 1, ficou em segundo, com sete, um a mais que o Uruguai, terceiro colocado.

No outro grupo, classificaram-se Argentina, Colômbia e Venezuela. A Seleção Brasileira estréia na fase final terça-feira, contra o mesmo Uruguai, novamente em Pereira.

O Brasil começou jogando melhor. A primeira boa chance foi num chute forte de Paulinho Betanín, aos 19min, que o goleiro uruguaio Moslera defendeu ‘no susto’. Aos 24min, Evandro arriscou de longe, mas a bola subiu demais. O Uruguai respondeu três minutos depois, quando Aguiar chutou cruzado, de primeira, para fora.

Aos 29min, Diego Barcelos, numa cabeçada, perdeu ótima oportunidade para abrir o placar. No final do primeiro tempo, o atacante brasileiro deixou o campo, lesionado, dando lugar a Rafael Sobis, seu companheiro de ataque no Internacional. Pouco depois, aos 44min, o zagueiro uruguaio Godín colocou a mão na bola dentro da área: Rafael Sobis, que mal tinha tocado na bola, bateu fraco e Muslera defendeu.

No segundo tempo, o Uruguai voltou mais perigoso. Logo aos três minutos, o zagueiro Godín quase se reabilitou do pênalti infantil que cometeu: após cruzamento da esquerda, cabeceou com perigo, dando um susto na defesa brasileira, que falhou no lance. Aos oito, Ezquerra chutou rasteiro, rente à trave brasileira. Dois minutos depois, Albín também perdeu boa chance.

Aos 23min, Renan evitou que o Uruguai abrisse o placar, ao fazer uma bela defesa após cabeçada de Peinado. Somente aos 26min o Brasil teve uma boa chance, quando Evandro cabeceou com perigo, depois de um cruzamento de Filipe. Depois disso, pouco aconteceu e o jogo terminou sem gols.

BRASIL 0 x 0 URUGUAI

Data: 22/01/2005 (sábado)

Local: Estádio Hernán Ramírez Villegas, Pereira (Colômbia)

Árbitro: Gabriel Brazenas (Argentina)

Assistentes: Gilberto Taddeo (Argentina) e César Guillén (Peru)

Cartões amarelos:Albín, Pereira

Gols:

Brasil

Renan, Rodrigo Dias, João Leonardo, Edcarlos e Filipe; Alê, Diego, Renato e Evandro (Amparo); Diego Barcelos (Rafael Sobis) e Paulinho Betanín.

Técnico: Renê Weber.

Uruguai

Fernando Muslera, Martín Rodríguez, Godín, Sérgio Rodríguez, e La Luz; Ezquerra, Pereira, Albín (Ribair Rodríguez), García e Aguiar (Gabriel Rodríguez); Navarro (Peinado).

Técnico: Gustavo Ferrín.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais