Sergipanos são promessas de medalha em Pequim

0

Nivalter e Helinho: chances de medalha
Entre os 277 atletas que compõem a delegação recorde do Brasil em olimpíadas, dois irão contar com o apoio especial da torcida sergipana. Os filhos da terra Hélio Lisboa, da seleção de handebol, e Nivalter Santos, da equipe de canoagem, irão defender as cores verde e amarela em Pequim, após o êxito obtido por ambos no Pan do Rio de Janeiro em 2007.

O veterano…

O ponta-esquerda Hélio Lisboa Justino, o Helinho, é um dos veteranos entre os atletas brasileiros. Aos 36 anos, o aracajuano segue rumo ao seu segundo desafio olímpico, embalado pela medalha de ouro nos últimos jogos pan-americanos. “Ele está ansioso, mas confiante!”, disse a cunhada do campeão, Maria Helena.

Helinho (último à dir.) com a família: torcida! (Foto: arquivo familiar)
De acordo com Maria, o medalhista está muito feliz e freqüentemente envia notícias do outro lado do mundo, por telefone e internet. “A última vez que ele ligou estava em Hiroshima, no Japão, prestes a ir para Pequim. Lá eles disputaram um amistoso e venceram. Ele está muito feliz”, descreveu.  

Toda a família está vibrante com a segunda participação de Helinho em jogos olímpicos, e estão confiantes em um resultado melhor que o alcançado em Atenas 2004, quando a seleção terminou a competição na 10ª colocação. “A gente torce muito, até porque ele já falou que é a última vez que vai participar de olimpíadas, devido a idade avançada”, disse Maria.

…e o estreante

Nivalter brilhou no Pan do Rio em 2007 (Foto: Divulgação)
Enquanto Helinho decide abandonar as quadras do handebol, outro sergipano está apenas começando a carreira olímpica. Natural da cidade de Capela, o jovem Nivalter Santos encara com empolgação o fato de ser o único brasileiro a defender o país na canoagem masculina.

Com apenas 20 anos, o atleta que atualmente reside em São Vicente (SP) conquistou medalha de bronze no último Pan e promete brigar firme por um lugar no pódio na capital chinesa, mesmo sabendo que esta não será uma tarefa fácil. “Preciso sonhar com isso para a preparação ser a melhor”, declarou.

Horários

O capelense Nivalter irá encarar as lagoas chinesas na bateria a ser realizada no início da manhã do dia 12 de agosto. Já o aracajuano Helinho entra em quadra como titular da seleção de handebol nos três jogos da fase classificatória do torneio olímpico nas seguintes datas:


Obs: horários de Brasília


Por Glauco Vinícius e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais